Maranhão tem saldo positivo na geração de empregos no mês de abril, segundo o Caged

0
668

AQUILES EMIR

O Maranhão registrou no mês de abril um saldo de 1.332 empregos preservados, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (18). Apenas um setor, Construção Civil, teve saldo negativo, enquanto Serviços apresentou o melhor desempenho.

De acordo com os números, no mês de abril foram admitidas 11.965 pessoas, enquanto as demissões somaram 10.633, o que deu um saldo  de 1.332 postos de trabalho mantidos. Com este desempenho, o saldo acumulado dos quatro meses chegou a 1.779, já que de janeiro a abril foram 47.753 admissões e 45.974 demissões.

Ainda em conformidade com os dados do Caged, o Maranhão já acumula nos últimos 12 meses um saldo de 9.548 empregos, resultado de 151.672 contratações e 142.124 desligamentos.

Confira os número abaixo:

Extrativa Mineral 5 0,36
Indústria de Transformação 103 0,28
Serviços Industriais de Utilidade Pública – SIUP 13 0,19
Construção Civil -113 -0,29
Comércio 584 0,40
Serviços 683 0,36
Administração Pública 9 0,07
Agropecuária 48 0,21
Total 1.332 0,29

 

Capital – São Luís teve a maior contribuição neste saldo obtido pelo Maranhão. No mês de abril, foram mentidos na capital 860 empregos, resultado de 6.219 admissões contra 5.359 demissões. Segundo o Caged, no quatro meses de 2018 foram admitidas 24.596 pessoas, enquanto 23.057 foram desligadas, em São Luís.

Quanto ao acumulados dos 12 meses, a capital tem um saldo de 7.026 postos de teabalho preservados, por conta das 76.370 contratações e 69.344 demissões.

(Com dados do MTE)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação