Sesi cria preparatório para alunos que farão o Enem digital no período da pandemia de covid-19

0
614
????????????????????????????????????

Técnicas de Orientação Personalizadas & Tempo de Estudo Nivelado, além de material didático totalmente gratuito para os alunos

O Exame Nacional do Ensino Médio, Enem, em 2020, devido à pandemia do coronavirus fez com que, pela primeira vez, segundo o Instituto Nacional de Estudos Educacionais (INEP), seja adotado na era digital, com prova em computador aplicada para 100 mil participantes. O formato impresso é mantido apenas na prova de redação.  

Pensando em preparar melhor os seus alunos, a Escola Sesi Anna Adelaide Bello reestruturou todo seu Ensino Médio e investiu para que seus discentes tenham a tão sonhada aprovação no Enem.  Com isso nasceu o preparatório, denominado Sesi Top&Ten, que prevê ações de fortalecimento e engajamento para os alunos, trabalhando em três eixos fundamentais: orientação educacional com ênfase no “Projeto de Futuro”; intensificação de ensino e estudos e planejamento personalizado de estudo com gestão de tempo. 

As aulas para o TOP&TEN estão previstas para acontecerem em modo presencial agregando 96 alunos da 3ª série – Ensino médio/ EBEP, com acomodação desses discentes e seguindo todas as normas sanitárias e de distanciamento social e acontecem nas novas instalações do anexo da Escola Anna Adelaide Bello, no bairro da Alemanha.  

Todos os alunos e professores realizaram teste de covid-19 que foram disponibilizados pelo SESI para atender os requisitos e protocolos de saúde para retorno das atividades. 

“No começo foi meio frustrante, o ano que mais precisamos focar para o Enem e do nada vem uma pandemia para um prazo de 15 dias e que durou mais de meses. Essa iniciativa do SESI é importante porque vai preparar a gente, é uma coisa que nem é obrigação deles, mas como estão preocupados com nosso desempenho, eles prepararam toda essa estrutura para gente”, destacou o aluno Laudelino Ximenes, 18, que quer uma vaga para Direito.  

“O SESI TOP&TEN, foi pensado como um núcleo de acompanhamento estudantil para aproximar e nivelar o aluno Sesi ao vestibular Enem.  O projeto prevê a universalização do atendimento a última série do Ensino Médio, que têm como grande desafio o acesso dos estudantes ao ensino superior, respondendo às suas aspirações presentes e futuras. A proposta é alavancar o Sesi como uma escola de referência em aprovações no Enem, tendo por diferencial um perfil formador de acadêmicos pesquisadores, investigativos, criativos e tecnológicos”, destaca o superintendente do Sesi, Diogo Lima. 

Na proposta cabem ações específicas que serão suporte aos pré-vestibulandos, o que os tornarão mais confiantes a partir de um trabalho com priorização no plano de estudos associado ao tempo nivelado para aquisição de conhecimentos, orientação educacional para o acompanhamento das necessidades implícitas dos alunos, e conteúdos nivelados com foco nas habilidades e competências mais requeridas no vestibular.  

Aula inaugural – A aula inaugural foi feita pelo jornalista e repórter da TV Mirante Douglas Pinto, que falou sobre sua trajetória de vida, sua experiência profissional, sobre a cobertura da pandemia e a necessidade de combater as fake news

As aulas específicas serão monitoradas pela equipe da supervisão pedagógica que em suas competências técnicas acompanharão as áreas de conhecimentos, sinalizando pontos para melhoria. Ressalta-se também, a proposição de aulas simuladas direto dos laboratórios Maker, Físico-Química, Robótica e/ou midiateca. 

A proposta é alavancar o Sesi como escola de referência em aprovações no Enem, tendo por diferencial um perfil formador de acadêmicos pesquisadores, investigativos, criativos e tecnológicos, diz o diretor Diogo Lima

Aprendizagem ativa – O projeto destaca como didática de aula, o uso de tecnologias e ferramentas digitais, explorando os recursos da Microsoft e Gamificação para o uso de Quiz, além da inclusão do Geekie Lab como plataforma referência para o suporte ao estudo do aluno. A plataforma oferta conteúdo digital, significativo e flexível, com vídeos e exercícios sugeridos e plano com nivelamento de tempo para estudo. 

A metodologia abrangerá simulados semanais por áreas de conhecimentos, elaboração de mapas mentais e a conexão com as disciplinas transversais. A potencialização das disciplinas que já fazem parte da estrutura curricular EBEP – Educação básica articulada à Educação Profissional -, será para ativar o aluno que está em dúvida acerca de sua carreira, assim como, para a apresentação das profissões do futuro, auxílio na elaboração de seus planos personalizados de estudos e promoção de debates sobre temas da atualidade.  

Os alunos farão simulados quinzenais com banco de questões inovadoras em consonância com a Avaliação do INEP, inclusive com correções de gabaritos durante as aulas e feedforward (questões comentadas), além de simulados calibrados para melhor compreensão da proficiência dos alunos. 

O eixo de Orientação Educacional do Preparatório SESI TOP&TEN terá uma função essencial para suporte aos pré-vestibulandos, que estará linkado ativamente às aulas dos componentes transversais e acompanhará junto a equipe da coordenação os rumos para acompanhamento da rotina dos alunos, frequência, engajamento e suporte socioemocional. 

Material didático  – Para o suporte e desenvolvimento das aulas, o pré-vestibular contará com material didático “Enem em Foco” ofertado gratuitamente aos alunos. O material didático, contempla livros da série Bem Lembrado, Enem Comentado, Redação Enem e Todo Enem.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação