Estado e do Município definem ações para segurança no transporte coletivo de São Luís

0
239

Ações conjuntas serão desenvolvidas em toda a cidade

Representantes das secretarias municipais de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SMTT) da estadual de Segurança Pública estiveram reunidos nesta quinta-feira (19) debateram medidas de reforço à segurança dos usuários do transporte coletivo de São Luís.

“Os casos de violência no transporte público tem causado grande preocupação e, o reforço das ações de segurança certamente trará mais tranquilidade aos trabalhadores e passageiros”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

Na reunião, que aconteceu na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), ficou acordado a integração dos sistemas de todas as forças de segurança do Município e do Estado e o aumento do contingente de policiais, guardas municipais e viaturas nas ruas e avenidas da capital.

“A determinação do prefeito Eduardo Braide é conter a onda de violência e, por isso, estamos dobrando o efetivo de guardas municipais nos cinco terminais de integração da cidade”, anunciou o secretário Marcos Affonso.

Já o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Diego Baluz, garantiu o apoio do Centro de Controle de Operações (CCO) para reforçar as operações e o monitoramento das linhas de ônibus que circulam na cidade. “Além de colocar o nosso sistema à disposição das forças de segurança, solicitamos reforços da Polícia Militar dentro dos Terminais de São Luís para auxiliar o efetivo dobrado da Guarda Municipal no combate à criminalidade”, disse o titular da SMTT.

Outras medidas – Como parte do conjunto de ações que serão desencadeadas, foi acordado, ainda, que a SMTT informará às polícias Civil e Militar as rotas de ônibus com maior número de assaltos.

À Polícia Militar caberá intensificar o patrulhamento e as operações de fiscalização nos ônibus em locais mapeados.

Já a Polícia Civil irá atuar com rigor na apuração e elucidação dos casos ocorridos.

Ações da Prefeitura – Entre as medidas já adotadas, está a presença, desde setembro de 2021, da Guarda Municipal de São Luís (GMSL), que ocupa, 24h, os cinco terminais de integração da capital maranhense. São eles: Praia Grande, Cohama, Cohab/Cohatrac, São Cristóvão e Distrito Industrial.

Com patrulhamentos motorizados e feitos a pé, os guardas municipais percorrem as plataformas, observando movimentações suspeitas dentro e fora dos ônibus. Os motociclistas da corporação patrulham a parte interna e também a parte externa, principalmente em horários considerados mais críticos, como o final da tarde e o período noturno, quando é maior a incidência de assaltos a ônibus. As guarnições trabalham em colaboração com a Polícia Militar do Maranhão (PMMA), que reforça as rondas também no entorno.

“Os guardas municipais fazem rondas e, quando necessário, fazem abordagens. Para aumentar a segurança, estamos reforçando, por orientação do prefeito Eduardo Braide, as ações com as equipes do motopatrulhamento da nossa instituição”, explicou o comandante da GMSL, Reginaldo Cosmo Sampaio.

Entre as principais ocorrências registradas pela GMPSL nos terminais de integração da capital estão a apreensão de arma branca, condução de pessoas alcoolizadas e suspeitas de assaltos às autoridades competentes.

Participaram da reunião, o secretário de Segurança Pública do Estado, coronel Sílvio Leite; o delegado-geral da Polícia Civil, Jair Paiva; o subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Aritanã Lisboa, entre outros membros da cúpula das polícias.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação