Secretário de Saúde diz que na próxima semana Maranhão poderá ter infectados por coronavírus

0
1746

AQUILES EMIR

O secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, disse nesta sexta-feira (13), em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes no programa Ponto Final da Mirante AM, que, provavelmente na próxima semana, o Maranhão já tenha casos positivos de coronavírus, daí porque o Governo do Estado vem tomando algumas medidas para enfrentar essa realidade. Para ele, esta percepção se dá diante do quadro de avanço da doença por meio de contatos entre pessoas que tenham estado em lugares hoje apontados como locais de risco e que vêm circulando livremente pelo estado.

Dentre as medidas adotadas pelo Estado, foi anunciada nesta quinta-feira a ampliação dos leitos de enfermaria e UTI no Hospital Carlos Macieira, em São Luís, exclusivamente para atender casos graves que necessitem de isolamento.  Além disso, a partir da próxima segunda-feira (16) começa a funcionar na Policlínica Diamante um centro de testagem para exames laboratoriais.

Com a inauguração do centro de testagem, as pessoas com suspeitas da doença devem evitar ir a UPAs e outras unidades de saúde para fazer exames, pois corre-se o risco de haver contaminação de outras, caso elas estejam realmente com o vírus. Por outro lado, só devem ir ao centro quem estiver realmente com sintomas (parecidos com os da gripe e do resfriado) e tenham viajado para áreas de risco ou mantido contato com uma pessoa que contraiu o vírus.

“A gente não pode entrar em pânico. Quem vai ao centro de testagem ou à unidade de saúde é aquela pessoa que teve contato com alguém com caso confirmado ou que viajou a algum país onde há contágio fora do normal, como Estados Unidos, Canadá, Austrália, países da Ásia, países da Europa. Se viajou a alguns desses países e voltou com sintomas, vá ao centro de testagem”, diz Carlos Lula.

Servidores e estudantes – Como medida preventiva, o Governo do Maranhão determinou que os servidores públicos estaduais que apresentem sintomas de resfriado, gripe ou similares fiquem em casa, até o desaparecimento dos sinais. A mesma coisa vale para as comunidades escolares.

Com isso, caso o coronavírus seja identificado no Maranhão, as chances de disseminação são menores.

O site da Secretaria de Estado da Saúde (saude.ma.gov.br) terá atualizações sobre o acompanhamento dos casos, além de mais informações e orientações para tirar dúvidas da população. Em breve, um número de telefone também será divulgado pela secretaria para prestar o mesmo serviço.

Viagens – O Governo do Maranhão também informa, em razão do perigo de contágio, que viagens para áreas de risco, que não sejam emergenciais, devem ser evitadas.

As orientações para a população em geral é manter hábitos de higiene como lavar as mãos com água e sabão, uso de álcool em gel, evitar contato com pessoas resfriadas ou gripadas e manter ambientes sempre arejados.

(Agência Brasil)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação