Travessia urbana facilita escoamento de produção mineral em Imperatriz

0
264

Trecho entregue pelo ministro da Infraestrutura vai reduzir engarrafamentos e impulsionar a economia local

Projeto retomado em 2020 pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, a travessia urbana de Imperatriz, na região tocantina, teve um novo trecho liberado na última segunda-feira (20) aos motoristas da segunda maior cidade do Maranhão. Parte da rodovia Belém-Brasília (BR-010/MA), o empreendimento vai reduzir os engarrafamentos, melhorar o trânsito e impulsionar a economia local.

Foram entregues pelo ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, e pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, um trecho de nove quilômetros de vias laterais da travessia urbana de Imperatriz.  O segmento fica entre o acesso ao Conjunto Itamar Guará e a ponte sobre o rio Cacau e aproximadamente 260 mil habitantes do município de Imperatriz serão beneficiados com as intervenções.

“Essa é uma obra que está no meio da área urbana, gerando transtornos para quem transita no dia a dia. Por isso estamos liberando os trechos na medida que foram ficando pronto. Nós vamos avançar até o fim do ano com mais dez quilômetros em Imperatriz”, afirmou o ministro da Infraestrutura. No total, a obra tem investimento total de R$ 275 milhões. Serão feitos serviços de duplicação, construção de 27 quilômetros de vias marginais, oito viadutos e duas pontes. Até agora foram executados 30% dos serviços.

Economia – O município situa-se na área de influência de grandes projetos, como a mineração da Serra dos Carajás (Marabá/Paraupebas), a mineração do igarapé Salobro (Marabá/Paraupebas), a Ferrovia Carajás/Itaqui, a Ferrovia Norte-Sul, as indústrias guzeiras (Açailândia), a indústria de papel e celulose Suzano (localizada na Estrada do Arroz).

Ao longo da BR- 010/MA, em Imperatriz, ainda estão sendo executados os serviços de manutenção, incluindo sinalização, limpeza dos dispositivos de drenagem, drenagem profunda e superficial com construção de sarjetas e instalação de meio-fio.

*Com informações da Coordenação Geral de Comunicação Social do DNIT

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação