MEC abre inscrições para qualificação internacional a professores de alfabetização

0
215

São 40 mil vagas disponíveis e curso será ministrado a distância; são 40 mil vagas disponíveis

Professores da área de alfabetização, com foco no ensino dos alunos da pré-escola até o 2º ano do ensino fundamental, já podem se inscrever em uma das 40 mil vagas do curso on-line Alfabetização Baseada na Ciência (ABC), do Ministério da Educação (MEC).

As inscrições começaram ontem (8) e seguirão abertas até o preenchimento das vagas. Já o curso está programado para iniciar no dia 11 de janeiro de 2021 e a duração prevista é de 160 horas. A formação será disponibilizada no Ambiente Virtual de Aprendizagem do MEC (Avamec).

A formação ABC é composta por um Manual Teórico, de 24 capítulos, elaborado pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, e um Programa de Intervenção Prático, desenvolvido pelo Centro de Investigação e Intervenção na Leitura do Instituto Politécnico do Porto. A Universidade Aberta de Portugal ficou responsável por gravar as videoaulas e produzir as legendas para o português do Brasil.

“Construir fundamentos educacionais sólidos exige um olhar especial à formação de professores alfabetizadores. Os reflexos desse empenho poderão ser constatados não apenas na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental, mas em todo o sistema educacional”, defende o ministro da Educação Milton Ribeiro.

A iniciativa é parte do programa Tempo de Aprender e foi viabilizada por meio de uma cooperação internacional entre a Capes, a Secretaria de Alfabetização (Sealf) do MEC, a Universidade do Porto (UP), o Instituto Politécnico do Porto (IPP) e a Universidade Aberta de Portugal (UAb).

O curso conta com investimento de R$ 6,3 milhões da Capes. A parceria prevê, além da formação a distância, levar professores alfabetizadores a Portugal em 2021 e 2022. Neste ano, o curso foi convertido para a modalidade on-line por conta do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus.

(Agência Educa Mais Brasil)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação