Lista atualizada pelo MTE sobre o trabalho escravo tem quatro empresas do Maranhão

0
1001

O Ministério do Trabalho divulgou nesta sexta-feira (27) a atualização da Lista Suja do Trabalho Escravo que havia sido publicada em maio do ano passado. Na relação aparecem três empresas do Maranhão, sendo três fazendas e uma empresa de construção civil.

A divulgação da lista veio após a polêmica criada em torno da portaria baixada pelo MTE para qualificar trabalho análogo com características de escravidão. Ao todo, são 131 empresas no país que deverão permanecer nesta condição pelo prazo de dois anos.

Do Maranhão, aparecem na lista Fazenda Grapia, de São Pedro da Água Branca; Fazenda Lago Azul, de Brejo da Areia; Fazenda Sara, de Miranda do Norte; e a Zurc – Saneamento e Construções, empresa responsável por obras no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no município de Imperatriz.

(Com imagem da EBC)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação