Cia. Carroça de Mamulengos leva espetáculo Janeiros a cidades cortadas pela Ferrovia Carajás

0
135

Arte levada a cidades cortadas pela Ferrovia Carajás

A partir de terça-feira (23), a Cia. Carroça de Mamulengos leva seu espetáculo Janeiros para 17 cidades do Maranhão e do Pará situadas às margens da Estrada de Ferro Carajás. Criada há 45 anos, a companhia é formada pela família Gomide – uma trupe teatral que percorre o país levando a arte popular ao público por meio de apresentações e oficinas em escolas, comunidades, universidades, praças e teatros.

O projeto Janeiros – Cia. Carroça de Mamulengos nos Trilhos da Vale tem patrocínio do Ministério do Turismo e do Instituto Cultural Vale.

Com direção de Rodolfo Vaz, Janeiros foi criado durante um período em que a companhia se fixou em Minas Gerais, em 2014. A peça é fruto de uma parceria entre artistas mineiros e a Carroça de Mamulengos. “A equipe de criação é toda mineira. Por isso, é uma peça meio bucólica, barroca. Os figurinos e cenários trazem essa a ideia das montanhas e percursos característicos do estado”, diz Maria Gomide, integrante da Carroça, que assina a dramaturgia em parceria com Raysner de Paula.

Em cena, estão quatro irmãos Gomide – Maria, João, Isabel e Matheus. Entre memórias e sonhos, a peça conta e canta a trajetória de vida e arte da família em suas itinerâncias pelo Brasil. O espetáculo aborda a passagem do tempo, os desafios de perseverar e de manter uma companhia de teatro por tantos anos. “É uma montagem quase biográfica, mas lúdica”, diz Maria. “O nome é uma homenagem a um boneco do teatro de mamulengo do Nordeste chamado Janeiro-Vem-Janeiro-Vai. Ele tem um cabeça que se alonga, um pescoço que vai pra frente e volta, fazendo uma referência ao tempo, que é cíclico. Vai janeiro, vem janeiro, e a vida continua.”

Para evocar essa história, a peça apresenta um homem que plantou seu sustento por onde passou. Em suas andanças, ele encontrou a mulher mais velha da Terra, a mãe-coragem que ousou domar o “Boi Bravo do Tempo”. “O espetáculo traz a ideia de que o tempo é esse boi bravo, que a gente tem que domá-lo de alguma forma. Ele pode nos jogar pra cima, empacar, andar mais rápido, mas impreterivelmente chega e passa por nós”, diz Maria.

Oficinas – Em cada uma das cidades da turnê, a companhia fará duas oficinas em escolas locais, às 10h: “Contação de Histórias – Iniciação no Universo Criativo da Arte de Contar Histórias” e “Oficina de Palhaçaria – A Arte do Riso na Palhaçaria Popular”. Voltados para estudantes e professores, os encontros oferecem ferramentas para desenvolver a imaginação e a criatividade.

As oficinas são desdobramentos da escola Carroça de Mamulengos, que atua no Cariri (CE), onde está a sua sede, e também de forma itinerante atendendo a públicos de todas as idades, incluindo um curso de pós-graduação ministrado pela companhia em parceria com A Casa Tombada (SP).

Confira a programação:

Horário: sempre a partir das 16h, com entrada franca

Maranhão

  • Terça-feira (23) – Bacabeira (Comunidade Gamaleira)
  • Local: Escola Loureca Castro Oliveira
  • Quarta-feira (24) – Miranda do Norte (Comunidade Campestre)
  • Local: Escola Valentim Freire Martins
  • Quinta-feira (25) – Arari (Comunidade Moitas)
  • Local: Escola José Joaquim Batalha 
  • Sexta-feira (26) – Vitória do Mearim (Comunidade Coque)
  • Local: Escola Raimundo Bogea 
  • Sábado (27)Santa Inês (Comunidade Juçaral do Capistrano)
  • Local: Ginásio na frente da Escola Abraão Barros Rodrigues 
  • Domingo (28)Igarapé do Meio (Comunidade de São Vicente)
  • Local: Praça próxima à Escola Maria de Lourdes Leitão Carvalho 
  • Domingo (29) – Pindaré Mirim (Comunidade Olho d’água dos Carneiros)
  • Local: Na frente da Associação Comunitária Nossa Senhora da Conceição 
  • Terça-feira (30) – Tufilândia (Comunidade Bogea)
  • Local: Quadra em frente à Escola Municipal Graça Aranha 
  • Quarta-feira (1º de dezembro) – Alto Alegre do Pindaré (Comunidade Auzilândia)
  • Local: Quadra Poliesportiva Maria Flávia ao lado da Escola Graça Artiolle
  •  Sexta-feira (03/12)Buruticupu (Centro dos Farias)
  • Local: Escola José de Alencar 
  • Sábado (04/12)Bom Jesus das Selvas (Comunidade Verona)
  • Local: Casa Familiar Rural  
  • Domingo (05/12)Cidelândia (Comunidade de Andirobal)
  • Local: Campinho de futebol próximo à Unidade Escolar Fé em Deus 
  • Segunda-feira (06/12) – Vila Nova dos Martírios (Comunidade de Curverlândia)
  • Local: Escola Municipal de Ensino Fundamental Humberto de Campos 
  • Terça-feira (07/12) – São Pedro da Água Branca (Comunidade de Primeiro Cocal)
  • Local: Escola Município Bandeira Tribuzi 
  • Terça-feira (14/12)São Luís (Vila Cabral)
  • Local:  Escola Artur Azevedo

Pará

  • Quinta-feira (09/12) São Félix do Xingú (Vila Minerasul) – local a confirmar
  • Sexta-feira (10/12) Ourilândia do Norte (Vila Santa Rita) – local a confirmar
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui