Ministério Público realiza audiência pública sobre qualidade do ar no Distrito Industrial de São Luís

68
Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia (CPIPANDEMIA) realiza oitiva do ex-ministro das Relações Exteriores. O objetivo é obter explicações sobre a condução da diplomacia brasileira durante a crise sanitária provocada pela covid-19.A Comissão Parlamentar de Inquérito investiga ações do governo federal no enfrentamento da pandemia e aplicação de recursos da União transferidos para estados, Distrito Federal e municípios para essa finalidade. A reunião acontece no formato semipresencial por decisão do presidente do Senado Federal.Mesa: ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; presidente da CPIPANDEMIA, senador Omar Aziz (PSD-AM); relator da CPIPANDEMIA, senador Renan Calheiros (MDB-AL).Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Secretaria de Indústria apresentará dados sobre monitoramento na área 

O Ministério Público do Maranhão realizará, na próxima segunda-feira (26), uma audiência pública com o objetivo de divulgar os dados referentes ao Monitoramento da Qualidade do Ar no Distrito Industrial de São Luís e as consequências para a saúde da população. A iniciativa é da 1ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção ao Meio Ambiente, Urbanismo e Patrimônio Cultural de São Luís.

A audiência pública será realizada na sede do Centro Cultural e Administrativo do Ministério Público do Maranhão (Av. Oswaldo Cruz, 1396, Centro), com abertura às 15h.

Na programação, está prevista uma fala do promotor de justiça Luís Fernando Cabral Barreto Junior sobre a atuação do MPMA no tema. Também haverá falas dos autores da representação que levaram aos inquéritos civis e de uma pesquisadora que apresentará dados sobre doenças causadas pela poluição do ar.

Na sequência, os representantes da Secretaria de Estado de Indústria e Comércio e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente apresentarão os dados de monitoramento dos anos de 2022 e 2023.

Encerrada essa fase, haverá a oportunidade das indústrias localizadas no Distrito Industrial, especialmente as que utilizam carvão mineral em suas atividades, a oportunidade de se manifestarem.

Ao final, será apresentada uma avaliação geral das contribuições obtidas na audiência pública e os encaminhamentos a serem adotados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui