Ministro da Educação sai nos braços do povo após prestar depoimento na Polícia Federal sobre racismo

1516

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi carregado por simpatizantes após prestar depoimento na Polícia Federal por suspeita de praticar crime de racismo por ter postado uma imagem que associa o coronavírus à China. Num outro vídeo, pessoas de todo o Brasil fizeram um abraço virtual. Em sua conta no Twitter, ele escreveu: “Prestei depoimento à PF, em respeito à Polícia. Fui muito bem recebido pelo diretor-geral Rolando e por toda sua equipe. Agradeço especialmente a você, que me apoia na luta pela LIBERDADE!”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui