Ministro Rogério Marinho destina R$ 5,7 milhões para obras de pavimentação em Imperatriz

1
278

Em passagem por Imperatriz, nesta sexta-feira (24), o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, destacou a importância de investimentos da União para fortalecer o crescimento econômico e social das diversas regiões brasileiras. Na cidade maranhense, ele vistoriou o andamento das obras dos centros de comercialização de produtos comestíveis (Panelódromo) e de itens regionais (Camelódromo), construídos com recursos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

“Estamos verificando in loco as ações do MDR, como elas alcançam as cidades na ponta. Temos atuação em mais de 5 mil municípios do País e, especialmente no Nordeste, há uma grande preocupação do presidente Bolsonaro em equacionar a questão das desigualdades. Essas obras que visitamos são essenciais para Imperatriz e possibilitarão novas oportunidades para os comerciantes e estímulo ao crescimento do município”, disse Rogério Marinho.

O Panelódromo e o Camelódromo revitalizarão o Centro da cidade de Imperatriz. As infraestruturas, que contam com R$ 5 milhões em investimentos da União, impulsionarão o desenvolvimento regional, a geração de emprego e renda e aquecerão o turismo. Atualmente, a comercialização dos produtos ocorre de maneira precária em barracas móveis nas calçadas, que são desmontadas diariamente. Com os empreendimentos, o comércio local será organizado e estruturado.

“Muitos ambulantes agora poderão ir para esses espaços e terão um ambiente tranquilo, seguro e moderno para trabalhar”, destacou o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos.

Ao lado do presidente da Codevasf, Marcelo Moreira, o ministro assinou a autorização para o início dos serviços de pavimentação na cidade. Serão disponibilizados R$ 5,7 milhões para o asfaltamento de 48 ruas nos bairros Conjunto Vitória, Planalto, São José, Vila Lobão e Vila Redenção.

“São 10 quilômetros de pavimentação que vão permitir melhores condições de atendimento dos serviços públicos, incluindo transporte, segurança e educação. Além disso, vai valorizar os imóveis e o comércio desses bairros e, sobretudo, melhorar a qualidade de vida da população”, argumentou Marcelo Moreira.

Também foi autorizado o aporte de R$ 10,4 milhões para a construção de 29 pontes modulares em diversas localidades do Maranhão. Os recursos são oriundos da Codevasf.

Preservação de nascentes

Os compromissos do ministro Rogério Marinho em Imperatriz incluíram ainda a entrega de três kits de preservação de nascentes pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba. Eles são compostos por um veículo do tipo 4×4, receptor GPS, câmera digital, notebook, computador, impressora laser colorida, conjunto para análise e monitoramento da qualidade da água e arame farpado para cercamento da área de proteção ambiental.

Os equipamentos, que custaram R$ 650 mil, serão utilizados para identificar e recuperar nascentes degradadas. É esperado que cada kit doado recupere, em média, 20 nascentes.

“É um investimento que fazemos para preservar o meio ambiente e garantir o fornecimento de água de qualidade à população. A preservação das nascentes é fundamental para que nossos rios possam ser fonte de vida e de geração de riqueza”, afirmou Marinho.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

1 COMENTÁRIO

  1. Com a conclusão dessas obras o centro comercial de Imperatriz vai ficar muito bem organizado depois de tirar os ambulantes das calçadas e passeios públicos que vem com a desculpa de não ter um local adequado .Que termine a bendita travessia urbana da Belém-Brasília também afinal aqui foi a maior cidade onde Bolsonaro venceu no Maranhão.

Comments are closed.