Moçambicanos buscam conhecimento sobre economia maranhense

0
584

O engenheiro químico Mateus Abelardo Américo Matusse, que é Diretor Nacional da Indústria em Moçambique, chefiou a visita de uma missão de moçambicanos à Federação das Indústrias (Fiema), onde foram recepcionados pelo diretor Alexandre Ataíde, que representou o presidente Edilson Baldez.

A missão era integrada também pela chefe do Departamento de Política, Planificação e Desenvolvimento Industrial, Gracinda Valoi; pelo técnico do Departamento de Floresta Nativa e Indústrias, Darlindo Pechiss; pelo chefe da Repartição da Indústria Florestal, Paulo Feniasse;  e  pela técnica do Departamento de Política, Planificação e Desenvolvimento Industrial do Ministério da Indústria e Comércio de Moçambique, Mavis Tomaz Navesse.

O objetivo da visita foi conhecer a experiência maranhense sob a coordenação institucional da Fiema para o desenvolvimento industrial e, especificamente, a Política Ambiental e a Estratégia Industrial do Brasil, além da legislação específica sobre meio ambiente, e, particularmente sobre o processamento de madeira e mobiliário; bem como estratégias de negócios da cadeia de valor do setor florestal.

A reunião também contou com a participação do superintendente da Federação, Albertino Leal; do presidente do Sindicato das Indústrias de Serrarias, Compensados e Laminados do Estado do Maranhão e vice-presidente da Fiema, Antônio Carlos Lopes Ribeiro; do diretor da Fiema Raimundo Gaspar; do empresário Mário Marques, da Adequa Móveis; do empresário Ricardo Ataíde e do presidente do Instituto do Agrnegócio, José Ataíde, e do coordenador de Ações Estratégicas da Fiema, José Henrique Braga Polary.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação