Multicenter Sebrae, que já hospital de campanha, será Centro Municipal de Vacinação

0
150

O Centro Municipal de Vacinação faz parte das estratégias previstas no Plano Municipal de Vacinação

O prefeito Eduardo Braide visitou, na manhã deste sábado (16), a área do Pavilhão de Eventos do Multicenter Sebrae, no bairro Cohafuma, onde será instalado o Centro Municipal de Vacinação contra a Covid-19. O espaço terá capacidade de atendimento de 200 aplicações de dose de vacina por hora.

A imunização da população ludovicense está prevista para começar na quarta-feira (20), segundo cronograma elaborado pelo Ministério da Saúde, e seguido pelo Plano Municipal de Vacinação. Na primeira fase da campanha, serão vacinados no local apenas os profissionais de saúde, conforme definido pelo Ministério da Saúde.

O Pavilhão de Eventos do Multicenter Sebrae tem 8,7 mil metros quadrados de área. O Centro Municipal de Vacinação faz parte das estratégias previstas no Plano Municipal de Vacinação para imunizar a população da capital contra a Covid-19. No local, haverá área de triagem para garantir que apenas pessoas aptas e do público-alvo de cada fase tenha acesso.

“Teremos no Centro Municipal de Vacinação toda a estrutura e equipes necessárias para fazer a imunização da nossa população. Teremos área de triagem, salas de vacinação atendendo de forma simultânea, espaço para que o cidadão possa ficar em observação após a aplicação da dose caso surja algum efeito adverso e equipes médicas de plantão para prestar atendimento, se preciso. Todo o espaço será montado para que o cidadão se sinta acolhido, esteja confortável e receba atendimento humanizado. Aproveito para agradecer ao Sebrae pelo espaço que conta com toda a estrutura necessária para receber nossa população”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

Serão disponibilizados totens com álcool em gel para que todos possam se higienizar. Cadeiras serão dispostas com o espaçamento devido para que todos possam aguardar sua vez de forma confortável. Para a primeira fase da vacinação, serão disponibilizados 10 vacinadores em salas climatizadas. A capacidade de atendimento do centro será de 200 aplicações de dose de vacina por hora. Caso o cidadão tenha dificuldades de locomoção o vacinador irá até a pessoa no pavilhão de eventos para aplicar a vacina.

Eduardo Braide conheceu a estrutura que está sendo montada

“A primeira fase terá duração de sete semanas. Neste primeiro momento, conforme determinou o Ministério da Saúde, vacinaremos os profissionais da saúde, que serão atendidos no Centro Municipal de Vacinação, e os idosos que residem em instituições de longa permanência, que serão atendidos na própria instituição. À medida que mais doses da vacina forem chegando e novos públicos liberados para imunização pelo ministério vamos ampliando este trabalho”, explicou o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes.

Haverá, ainda, uma área de pós-vacinação onde cada pessoa poderá descansar durante alguns minutos para que as equipes da Secretaria Municipal de Vacinação possam observar o surgimento de alguma reação adversa e prestar o atendimento necessário, se preciso. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também estarão de prontidão no local.

Todo o pavilhão será sinalizado para facilitar a localização do público, além disso, serão colocadas divisórias para organizar o fluxo de pessoas pelo espaço.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação