Força Aérea russa diz ter atingido na Ucrânia hangares com armas e munições enviadas dos EUA e Europa

0
242

Ministério da Defesa russo informou que munições e armas estavam em Kremenchug

Nesta terça-feira (28), o Ministério da Defesa russo informou que na segunda (27) a Força Aérea do país atingiu na cidade ucraniana de Kremenchug hangares com munições e armas chegadas dos EUA e de países europeus.

“A denotação das munições para o armamento ocidental provocou um incêndio no centro comercial, que não estava a funcionar, localizado ao lado da fábrica [em Kremenchug]”, de acordo com o ministério russo.

Além disso, um ataque russo contra a área de estacionamento do Batalhão Azov, em Carcóvia, e um outro batalhão resultou na eliminação de mais de 100 militares ucranianos e mercenários estrangeiros, relataram na pasta.

Mísseis de precisão destruíram quatro pelotões de lançadores múltiplos de foguetes ucranianos Grad que alvejavam povoações na República de Donetsk.
A Defesa Aérea da Rússia derrubou igualmente três aviões Su-25 e um helicóptero Mi-8 na região de Nikolaev, segundo os dados da entidade.
Adicionalmente, a entidade ressaltou: “O fraco treinamento dos ucranianos civis mobilizados para os combates, bem como o baixo nível de preparação dos mercenários estrangeiros estão causando casos de ‘fogo amigo’ com mais frequência. Por exemplo, os recrutados chegados para completar o 97º batalhão da 60ª Brigada de infantaria foram alvejados por seus companheiros”.
Nas últimas 24 horas, os militares russos atingiram 24 centros de comando e unidades de artilharia em 58 áreas, bem como lugares de concentração de pessoal e equipamento militar em 304 áreas.
(Agência Sputnik)
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação