Na Neo Química Arena, Corinthians bate Palmeiras por 3 a 1 e garante título da competição

0
68

Este é o terceiro título conquistado pelo time paulista

O Corinthians é tricampeão do Brasileirão Feminino Neonergia! Na noite deste domingo (26), o Timão voltou a vencer o Palmeiras, desta vez por 3 a 1, e levantou a taça na Neo Química Arena. Agustina (contra), Adriana e Victoria Albuquerque balançaram as redes para as donas da casa, enquanto Camilinha descontou para as palestrinas.

Este é o terceiro título do Corinthians, que também foi campeão nas edições de 2018 e 2020. Para levantar o caneco nesta edição, o time comandado por Arthur Elias disputou 21 jogos, com 18 vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Além disso, marcou 64 gols e sofreu 17.

O jogo – Após a derrota por 1 a 0 no jogo de ida, o Palmeiras começou a partida pressionando mais na Neo Química Arena. Aos dez minutos, Julia Bianchi mandou uma bomba de fora da área que passou por cima do gol de Kemelli. Mas o Corinthians não demorou para também se lançar ao ataque e quase abriu o placar com Adriana, aos 18, que acabou finalizando errado.

Na marca dos 22, Adriana avançou pela direita, driblou a goleira Jully e chutou cruzado para o gol. Agustina tentou afastar o perigo, mas acabou marcando contra e deixando o Timão na frente. Atrás no placar, o Verdão diminuiu o ritmo e viu as donas da casa balançarem as redes mais duas vezes. Aos 32, Yasmin deu assistência para Adriana mandar uma pancada, no ângulo, para fazer 2 a 0. Cinco minutos depois, Ingryd cruzou da esquerda para a área, e Victoria Albuquerque completou de bicicleta para o fundo das redes: 3 a 0.

No segundo tempo, o Corinthians foi administrando a boa vantagem construída e ainda tentando mais gols. Aos 13, Victoria Albuquerque recebeu na entrada da área e balançou as redes, mas o impedimento foi confirmado na jogada. O Palmeiras foi segurando a pressão alvinegra e diminuiu o placar na marca dos 28. Camilinha recebeu e finalizou entre três marcadores para o fundo do gol: 3 a 1.

O Brasileirão Feminino Neoenergia conta com o aporte financeiro do Fundo de Legado da Copa de 2014.

(Com informações da CBF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui