Na pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, Bolsonaro tem 40% dos votos, e no Ibope, 41%

0
1019

Segundo o Ibope, candidato Jair Bolsonaro tem 41% dos votos

Os instituto Ibope e Datafolha divulgaram neste sábado (06) suas últimas pesquisas  de intenção de votos para a Presidência da República no primeiro turno das eleições deste domingo (07). Segundo o Ibope, candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 41% dos votos válidos e Fernando Haddad (PT), 25%, e pelo Datafolha, considerando também só os votos válidos, Bolsonaro tem 40% e Haddad, 25%.

Ainda de acordo com o Ibope, Ciro Gomes (PDT) tem 13%; Geraldo Alckmin (PSDB), 8%; Marina Silva (Rede) e João Amoêdo (Novo) aparecem com 3% cada um; Henrique Meirelles (MDB), Cabo Daciolo (Patriota), Alvaro Dias (Podemos), 2% cada; Guilherme Boulos (PSOL), 1%; Vera Lúcia (PSTU), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.

Pelo Datafolha, Ciro Gomes (PDT) tem 15%; Geraldo Alckmin (PSDB), 8%; Marina Silva (Rede) e João Amoêdo (Novo) empatam com 3%; Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB), com 2%; Guilherme Boulos (PSOL) e Cabo Daciolo (Patriota) têm 1% cada um; Vera Lúcia (PSTU), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.

Os votos válidos não consideram os votos em branco, nulos e indecisos. Para vencer em primeiro turno, o candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais – De acordo com o Ibope, nos votos totais (considerados brancos, nulos e eleitores indecisos), Bolsonaro atinge 36%, Haddad, 22%; Ciro, 11%; Alckmin, 7%; e Marina, 3%. Amoêdo, Meirelles e Cabo Daciolo têm 2% cada. Alvaro Dias e Boulos, 1%. Vera Lúcia, João Goulart Filho e Eymael não pontuaram. Brancos e nulos somam 7%. Não sabem ou não responderam 5%.

Já no Ibope, Bolsonaro tem 36%, Haddad, 22%; Ciro, 13%; Alckmin, 7%; Marina, Amoêdo, 3%; Alvaro Dias e Meirelles, 2%; Cabo Daciolo e Boulos, 1%; Vera Lúcia, João Goulart Filho e Eymael não pontuaram. Brancos e nulos somam 6%. Não sabem 4%.

O levantamento do Ibope foi realizado nos dias sexta-feira (05) e sábado (06) com 3.010 eleitores. A pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral. O nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O Datafolha ouviu 19.552 eleitores em 382 municípios, sexta-feira (05) e sábado (06). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo e está registrada na Justiça Eleitoral.

Evolução – Na comparação com a pesquisa do dia 3 de outubro, o Ibope diz que Bolsonaro passou de 36% para 41%; Haddad de 22% para 25%. Ciro oscilou de 11% para 13%; Alckmin de 7% para 8%; e Marina alcançou os mesmos 3% de intenção de votos. Brancos e nulos passaram de 11% para 7% e não sabem ou não responderam oscilou de 6% para 5%.

Já pelo Datafolha, comparado com a pesquisa anterior, do dia 4 de outubro, Jair Bolsonaro oscilou de 36% para 40%; Fernando Haddad passou de 22% para 25%; Ciro Gomes oscilou de 13% para 15%; Alckmin passou de 7% para 8%; Marina manteve-se com 3%.

Segundo turno – Nos cenários de segunda turno, o Ibope obteve os seguintes resultados:

  • Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, o candidato do PSL teria 45% dos votos e Haddad, 41%. Brancos e nulos somam 12% e não sabem, 3%.
  • Entre Ciro e Bolsonaro, Ciro venceria com 45%, Bolsonaro teria 41%, com 11% de votos em branco ou nulo e 2% não declararam.
  • Um disputa entre Alckmin e Bolsonaro, o tucano teria 40% e Bolsonaro, 43%. Nessa hipótese, 14% dos entrevistados declaram voto em branco ou nulo e 3% preferiram não declarar.

Nos cenários de segundo turno do Datafolha os resultados são estes:

  • Jair Bolsonaro (45%) X Fernando Haddad (43%). Eles estão tecnicamente empatados. Brancos e nulos somam 10% e não sabem 2%;
  • Ciro Gomes teria 47% e Jair Bolsonaro, 43%. Brancos e nulos somam 8% e não sabem 2%.
  • Bolsonaro (43%) e Alckmin (41%). Brancos e nulos somam 13% e não sabem 2%.

(Com dados da Agência Brasil)

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação