Na volta do Cema, presidente da Fiema defende pauta consolidada entre empresários e governo

21

Colegiado estava sem se reunir desde a crise da pandemia

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez, ao participar, na última quarta-feira (19), da reunião de retomada do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema) falou da necessidade de se criar uma pauta consolidada entre empresários e o Governo do Estado.

Ele disse ainda que o Cema é um grande anseio dos empresários e o fórum adequado para se pensar o desenvolvimento econômico do Maranhão.

“Há dois anos, foi criado o grupo de trabalho ‘Avança Maranhão’, com governo e entidades pensando o desenvolvimento do estado a longo prazo. Precisamos de um projeto de Estado, permanente, pois todos os estados que avançaram passaram por essa discussão”, lembrou Baldez.

Presidido pelo governador Carlos Brandão, o conselho foi criado em 2015 e tem por finalidade debater e propor diretrizes específicas voltadas à promoção do desenvolvimento econômico do Maranhão.

Além de representantes de secretarias estaduais, participam as câmaras setoriais, entidades e Federações. No dia 19/10, foi discutido o planejamento da atuação do Cema 2022-2023, os resultados das Escutas Empresariais para a competitividade do Maranhão, a redefinição das câmaras setoriais, entre outros assuntos.

O principal papel do Cema, por meio de suas Câmaras Setoriais, é de ser um fórum de integração das estruturas públicas e privadas, buscando convergência de iniciativas e articulação de políticas públicas com foco no desenvolvimento produtivo, por meio do adensamento das cadeias trabalhadas.

Formação – O Conselho, que tem a Coordenação Executiva feita pela Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seinc), é formado pelos seguintes membros:

Secretarias de Estado:

Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seinc);
Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária (Sagrima);
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Programas Estratégicos do Maranhão (Sedepe);
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema);
Secretaria de Estado de Trabalho e Economia Solidária (Setres);
Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz);
Secretaria de Estado do Turismo (Setur);
Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti);
Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura (Sepa).

Entidades e Federações:

Associação Comercial do Maranhão (ACM-MA);
Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema);
Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA);
Federação de Agricultura do Estado do Maranhão (Faema);
Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL-MA);
Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresas do Maranhão (Sebrae-MA).

Câmaras Setoriais

Câmara Setorial da Agroindústria, coordenada pela Sagrima;
Câmara Setorial do Apoio à Inovação, coordenada pela Secti;
Câmara Setorial do Apoio e Fomento às MPES, coordenada pela Seinc;
Câmara Setorial da Aquicultura e Pesca, coordenada pela Sepa;
Câmara Setorial do Comércio e Serviço, coordenada pela Sefaz e Seinc;
Câmara Setorial da Energia, Gás, Minério e Metalurgia, coordenada pela Sedepe;
Câmara Setorial da Infraestrutura, coordenada pela Sinfra; e a Câmara Setorial Turismo, coordenada pela Setur.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui