Não há mais saída para Lula, pois ministro do STJ negou recurso para evitar a sua prisão

0
1292

Não resta mais nenhuma alternativa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitar sua prisão, pois o ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal Justiça (STJ), negou na tarde esta sexta-feira (06) o recurso dos seus advogados contra a ordem de prisão expedida pelo juiz federal Sergio Moro, do Paraná, responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba.

A informação publicada em primeira mão pelo portal foi confirmada pela assessoria de comunicação do STJ.

A defesa do ex-presidente recorreu ao STJ logo após Moro determinar a prisão de Lula na tarde da quinta-feira (05). O juiz determinou que o ex-presiente se apresentasse à Polícia Federal, em Curitiba, até as 17h desta sexta, mas ele não deve se entregar.

A prisão foi determinada menos de 24 horas depois de o STF (Supremo Tribunal Federal) negar recurso do petista para que ele não fosse preso e pudesse recorrer em liberdade contra a condenação por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do tríplex de Guarujá (SP).

A defesa de Lula afirmou, no recurso ao STJ, que a ordem de prisão é ilegal, pois ainda seria possível apresentar recursos ao TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), tribunal de segunda instância que cuida das ações da Lava Jato.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do advogado Cristiano Zanin Martins, que impetrou o pedido, informou que não há previsão para que a defesa se manifeste sobre a negativa.

(Com dados do UOL)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação