Alan Kardec assume presidência da Gasmar, estatal de gás no Maranhão

0
461

Nome foi anunciado neste domingo pelo governador Carlos Brandão 

O professor Allan Kardec Duailibe Barros Filho, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), é o novo presidente da Empresa de Gás do Maranhão (Gasmar). O anúncio foi feito neste domingo (08) pelo governador Carlos Brandão (PSB).

Kardec assume a vaga que foi aberta com a ida de Sebastião Madeira para a Casa Civil. Desde que assumiu, o governador vinha a procura de um nome técnico, haja vista tratar-se de uma empresa estratégica para o desenvolvimento de um dos mais promissores para o Maranhão.

https://twitter.com/carlosbrandaoma/status/1523094595395067904?t=R_1ntfO_03zGT3KDuqmVtg&s=19

Além de professor universitário,  Alan Kardec foi diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), de 2008 a 2012.

Perfil – Allan Kardec Duailibe Barros Filho é graduado em engenharia elétrica pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), mestre em Information Engineering pela Toyohashi University of Technology, doutor em Information Engineering pela Universidade de Nagoya, pós-doutor pelo The Institute of Physics and Chemistry (RIKEN), no Japão.

É professor associado da UFMA e já ocupou cargos de pró-reitor e diretor de pesquisa. É diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Gasmar – A empresa, criada em 2001, no segundo governo de Roseana Sarney, é vinculada à Secretaria de Estado de Minas e Energia, tendo como objeto a exploração, com exclusividade, dos serviços de distribuição e comercialização de gás canalizado no Maranhão.

A empresa também pode explorar outras formas de distribuição de gás natural e manufaturado, inclusive comprimido ou liquefeito, de produção própria ou de terceiros, nacional ou importado, para fins comerciais, industriais, residenciais, automotivos, de geração termelétrica ou quaisquer outras finalidades e usos possibilitados pelos avanços tecnológicos, em todo o território do Estado do Maranhão.Atualmente, a Gasmar tem um contrato de operação e manutenção de sistema de distribuição de gás natural com a UTE Parnaíba Geração de Energia S.A.Em dezembro de 2019, a Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou projeto de lei e concedeu autorização ao Governo do Estado para a privatização da empresa. A empresa teve lucro líquido de 15,89 milhões em 2018Este ano, a Termogás adquiriu as ações da Gasmar detidas pela Gaspetro, uma subsidiaria da Petrobras, no correspondente a 23,5% do capital social total., por meio do pagamento de R$ 56,9 milhões.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação