Chocolate é o item mais lembrado para presente dos namoradores, segundo pesquisa Fecomércio

0
187

Valor médio dos presentes ficou em R$ 211

Pesquisa da Federação do Comércio do Maranhão (Fecomércio), realizada em São Luís, sobre as intenções de consumo para o Dia dos Namorados traz em primeiro lugar da lista dos mimos preferidos, chocolate. De acordo o levantamento, 22,9% dos entrevistados tencionam presentear a pessoa amada com esse tipo de produto.

Em segundo lugar, como produtos mais lembrados aparecem relógios, mencionados por 19,9% dos entrevistados. De acordo com a análise da pesquisa, uma das razões para o aumento desta preferência está na qualificação tecnológica, pois nos últimos anos passaram a oferecer uma gama maior de funcionalidades e com preços menores, são os chamados smartwatch.

“Com essa melhor qualificação tecnológica, o item passou a chamar mais a atenção dos consumidores ludovicenses neste período. No levantamento de 2018, os relógios apareciam na 5ª posição do ranking e era a preferência de apenas 10,4% dos consumidores”, diz o relatório da Fecomércio.

Fechando o tripé de preferências, os acessórios como Sapatos, Carteiras, Cintos e Bolsas atendem ao interesse de 15,2% dos ludovicenses e ocupam o 3º lugar da lista de itens para presentear. Artigos de Perfumaria e Cosméticos atendem ao gosto de 9,8%, na 4ª posição. Óculos somam a fatia de 8,5% no interesse dos consumidores da capital, em 5º lugar.

Quanto ao valor médio de consumo para essa data, o valor médio por presente é de R$ 211.

Presentes – A Pesquisa de Intenção de Compras para o Dia dos Namorados 2022 aponta que 71,8% dos entrevistados têm a pretensão de presentear na data.

Esta é a segunda alta consecutiva na intenção de consumo e, também, o segundo maior percentual de interessados em agradar no Dia dos Namorados, na série histórica da pesquisa iniciada em 2013. No comparativo com o último dado apurado em 2018, o crescimento na intenção de presentear foi de +11,6%.

A queda no número de consumidores que afirmaram não presentear neste ano foi outro destaque positivo. Em 2022, apenas 13,8% dos entrevistados demonstraram não ter interesse em comprar algum presente nesta data, uma queda de -56,6% em relação a 2018, quando o percentual atendia a 31,8% dos entrevistados.

“O aumento da intenção de presentear nestes últimos anos tem sido positivo para o setor do comércio varejista, que se mantém aquecido pelo segundo mês consecutivo, a esteio do Dia das Mães”, ressalta o presidente da Fecomércio-MA, José Arteiro.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação