Em seu primeiro pronunciamento, novo ministro das Minas e Energia sugere privatizar a Petrobras

0
262

Sachsida vai propor desestatização também do Pré-Sal

Em seu primeiro pronunciamento como ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida anunciou nesta quarta-feira (11) que vai propor a privatização da Petrobras e da  Pré-Sal Petróleo (PPSA). Após o pronunciamento, ele não quis responder às perguntas de jornalistas para detalhar sua proposta,

“Meu primeiro ato como ministro de Minas e Energia será solicitar ao ministro Paulo Guedes, o presidente do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), que leve ao conselho a inclusão da PPSA no PND (Programa Nacional de Desestatização)”, anunciou.

“Ainda como parte do primeiro ato como ministro, solicito também o início dos estudos tendentes à proposição das alterações legislativas necessárias à desestatização da Petrobras”. acrescentou.

Sachsida foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para o lugar de Bento Albuquerque, que teria sido exonerado a pedido. A troca, no entanto, teria sido motivada pela irritação do presidente com uma nova alta dos combustíveis, após pedir que isto não fosse adotado, e com a política de preços da Petrobas.

Esta semana, a Petrobras anunciou mais um aumento do diesel, que subiu 8,9% nas refinarias. Na sua live semanal da última quinta-feira (05), presidente Bolsonaro havia um feito um “apelo” na semana passada para que a empresa não aumentasse os preços.

O chefe do Executivo pediu que a Petrobras “não quebre o Brasil” na live em que chamou o lucro da empresa de “estupro”. A Petrobras teve um lucro líquido recorde de R$ 44,5 bilhões no 1º trimestre de 2022….

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui