Federação do Comércio ouve opinião de empresários sobre convenção coletiva de trabalho

0
420

Fecomércio amplia canal de diálogo com empresários e lança uma pesquisa para subsidiar negociações da convenção coletiva.

Com o objetivo de ouvir o maior número de empresários e facilitar sua participação na formulação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2020/2021, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) está realizando uma pesquisa online para subsidiar as negociações com o Sindicato dos Empregados no Comércio de São Luís (Sindcomerciários).

A pesquisa é simples e direta, e aborda os principais temas que definem as relações de trabalho entre empresas e empregados do comércio, tais como salário base, reajuste, feriados, funcionamento dos estabelecimentos, entre outros assuntos. Além disso, no questionário, o empresário do comércio tem a oportunidade de sugerir outros temas que poderão ser discutidos na negociação da Convenção Coletiva 2020/2021.

O link da pesquisa está disponível no site da Fecomércio-MA (www.fecomercio-ma.com.br) ou nas redes sociais da entidade (fecomercio.ma).

“Com essa ferramenta, a Federação do Comércio do Maranhão abre mais um canal de diálogo com o empresário, ampliando e facilitando a sua participação nas discussões e negociações da Convenção Coletiva de Trabalho que define as regras para o comércio”, destacou o presidente da entidade, José Arteiro da Silva.

José Arteiro preside o Sistema Fecomércio no Maranhão

Saiba mais – A Fecomércio é uma entidade sindical de grau superior e responsável pelas negociações coletivas na qualidade de representante das categorias econômicas do comércio inorganizado em sindicatos de São Luís.

A convenção coletiva de trabalho (CCT) é um ato jurídico pactuado entre sindicatos de empregadores e de empregados para o estabelecimento de regras nas relações de trabalho em todo o âmbito das respectivas categorias (econômica e profissional).

É através da Convenção que se define o índice percentual de reajuste dos salários dos comerciários, além de estabelecer os feriados em que o comércio poderá funcionar ao longo do ano, qual o horário para abertura das lojas aos domingos, entre outros pontos das relações de trabalho entre empregados e empresários.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação