ITA e UFMA podem firmar parceria para capacitação de mão de obra para a indústria aeroespacial

0
370

Formação de mão de obra local com cursos na área aeroespacial foi um dos temas da reunião  

Foi realizada nesta terça-feira (02) mais uma reunião online do Pensar Maranhão, grupo de Trabalho da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), coordenado pelo diretor Luiz Fernando Coimbra Renner.   A reunião contou com a participação do reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Professor Doutor Anderson Ribeiro Correia, que proferiu a palestra “A importância do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) no desenvolvimento da indústria espacial brasileira”.  

Ribeiro disse que acredita no incentivo a criação de startups com foco nas atividades do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no envolvimento dos alunos da UFMA em projetos espaciais reais, na cooperação das empresas locais para o atendimento as demandas do CLA e no apoio acadêmico do ITA para desenvolver essas atividades.  

“Estamos à disposição da UFMA, da UEMA e da FIEMA para estreitar esse relacionamento já iniciado e trabalhar na renovação e ampliação do acordo de cooperação acadêmica e técnica visando auxiliar na capacitação do curso de graduação e pós-graduação em Engenharia Aeroespacial na instituição de ensino superior maranhense!”, disse o reitor. 

Aeroespacial – Segundo o reitor do ITA, o desenvolvimento da indústria aero espacial é possível graças a uma tríade que envolve a Sociedade, a indústria e a academia. “O ITA precisa continuar apresentando resultados relevantes e trabalhar nessas perspectivas de parcerias com os grandes centros dentro e fora do Brasil e com as universidades”, destacou Ribeiro.  

Anderson Correia ressaltou que recentemente foi firmado uma parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) para disponibilizar o primeiro mestrado profissional em Computação Aeronáutica do Brasil que será voltado para a elevação de nível de profissionais da indústria mineira que atuam na respectiva área e que algo nesse sentido pode ser desenhado para o Maranhão também. 

O reitor da UFMA, Natalino Salgado falou do status atual do curso que se encontra em um processo de reestruturação do currículo. “Consideramos esse curso estratégico para o Maranhã. Precisamos rever o termo de cooperação e propomos uma ampliação do leque de cooperação técnica inclusive com cursos onlines e remotos!”, ressaltou o reitor maranhense.  

Membros do Pensar Maranhão debatem parceria entre ITA e UFMA

Participação – O presidente da Fiema, Edilson Baldez, agradeceu o trabalho desenvolvido pelo Pensar o Maranhão e a participação de todos na discussão do tema para o estado.

O ex-governador e consultor da Fiema José Reinaldo Tavares destacou que a parceria do ITA com a UFMA poderia resultar na construção e no lançamento de um nano satélite genuinamente maranhense. “Creio que temos que incentivar o local e esse nano satélite poderia ser um primeiro passo”.  

Segundo o coordenador do GT Pensar o Maranhão, Luiz Fernando Renner, “o ITA oferece sua contribuição às atividades do Centro de Lançamento de Alcântara, estratégicas para o Comando da Aeronáutica e para o país. Com esta parceria, o ITA oferece um apoio muito importante para o desenvolvimento científico e profissional do Estado do Maranhão”. 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação