Jesuíno Martins assume comando do Grupo Mateus e fundador, Ilson Mateus, vai presidir Conselho de Administração

0
907
Jesuíno Martins (E) vem sendo preparado por Ilson Mateus há dez anos para sucedê-lo (divulgação)

Executivo vem sendo preparado há dez anos para a função 

Jesuíno Martins, um dos executivos de maior confiança do empresário Ilson Mateus, é o novo CEO do Grupo Mateus, conforme comunicado da empresa nesta sexta-feira (12). O fundador e presidente até esta data, Ilson Mateus, será o chairman, isto é, presidente do Conselho Administrativo.

Ainda de acordo com o comunicado da empresa, Tulio José Pitol de Queiroz assumirá a posição de vice-presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores. Túlio, que está há quase 20 anos no Grupo Guararapes, que controla as Lojas Riachuelo, começa no novo cargo em 22 de agosto.

Ao Brazil Journal, ele ter ficado “impressionado com a clareza  que o Ilson tem sobre os papeis e responsabilidades de cada um.”

Sandro Oliveira será o vp de operações e logística, assumindo atribuições que eram de Jesuíno. As mudanças são a maior redesenho da governança da companhia desde sua fundação há 36 anos – e em parte uma reinvidicação do mercado, que pressionava por uma melhor comunicação da companhia desde o IPO.

O atual CFO, José Morgado, vai continuar na empresa, cuidando do relacionamento com os bancos e financiamentos.

Ilson disse ao Brazil Journal que as mudanças lhe permitirão focar na estratégia e na expansão, enquanto Jesuíno e Túlio conduzem o dia a dia.

“As pessoas mudam, mas essa companhia mantém sua alma, porque é uma companhia de alma muito forte, de uma cultura muito forte,” disse Túlio. Depois do fundador, o maior representante desta cultura é o próprio Jesuíno, que participou de 25 dos 36 anos da companhia, começando como auxiliar administrativo e desde então ocupando praticamente todos os cargos, do chão de loja ao andar de cima.

“Há quase dez anos o Jesuíno vem se preparando para sentar nessa cadeira,” disse Ilson.

“Há 10 anos a gente vem preparando a empresa. De 2012 para cá, a gente se impôs um crescimento de quase 20% em média.”

Jesuíno era o vp de operações há quatro anos, acumulando a áreas comercial e de marketing — e a própria presidência do conselho. Um dos principais pontos que o novo management terá que atacar de frente: a queda na margem, que tem se manifestado na medida em que o Mateus acelera sua expansão. O valor de mercado da companhia, hoje em R$ 10,5 bilhões, caiu pela metade desde o IPO.

“Existe uma inflação galopante que de fato agrediu demais as margens, mas temos muitas lojas novas que puxam o resultado para baixo num primeiro momento, mas elas vão maturar e ajudar o resultado,” disse Ilson. “Fiquem tranquilos. Tá dentro do plano”, tranquiliza.

Fato Relevante – Reestruturação da Alta Administração da Companhia

(Com informações do Brazil Journal e Istoé Dinheiro)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação