Nissan encontra pintura “mais japonesa” para a Frontier associada à obra “A Grande Onda”

40

Projeto vencedor utiliza elementos da cultura nipônica 

A Nissan acaba de encontrar a pintura “mais japonesa” para a Frontier. O projeto vencedor da 3ª edição do Concurso Acadêmico de Design Gráfico utiliza vários ícones da cultura nipônica num estilo contemporâneo e associados com a famosa pintura “A Grande Onda”, do artista japonês Katsushika Hokusai, que representa a vinda dos imigrantes do Japão para o Brasil. O autor do trabalho escolhido é Eric Lauredo Belfort Wolter, estudante de Design Industrial da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

“A ideia toda veio de uma grande reflexão sobre o conceito de cultura. Notei que, quase como regra, as pessoas associam a cultura de um país ao que é clássico, antigo. Assim como a picape da Nissan, quis dar um ar novo a isso”, explica.

Eric utilizou em seu conceito vários ícones japoneses em uma espécie de mural, num estilo contemporâneo, como a arte de rua. “Depois, tracei um paralelo com a Grande Onda. Assim como ela, a cultura está em constante movimento”, complementa o estudante.

O projeto escolhido será aplicado numa Frontier real e exibido no estande da Nissan no Festival do Japão, que acontece em São Paulo, de 07 a0 9 julho. No fim de semana seguinte, de 14 a 16 de julho, o carro com a arte vencedora será parte do acervo temporário da Japan House São Paulo, uma iniciativa internacional com a finalidade de ampliar o conhecimento sobre a cultura japonesa da atualidade e divulgar políticas governamentais.

Além de São Paulo, primeiro local a receber a Japan House, a instituição também está presente em Londres e Los Angeles.

Nissan Frontier – Design único e marcante, equipamentos de segurança e conforto inovadores no segmento e seis versões, a Nissan Frontier foi desenvolvida baseada em três pilares: design, tecnologia e robustez. Com muitas novidades, o utilitário conta com diferentes versões que oferecem opções voltadas para um grupo ainda maior de consumidores: dos que buscam aventura, passando pelos que privilegiam o conforto e, claro, os que querem um veículo focado no trabalho.

A Nissan Frontier chegou com um desenho que mistura estilo robusto, confiante e imponente, seguindo o conceito Nissan Emotional Geometry Design. A grade e os faróis de bloqueio tornam a frente única e facilmente reconhecível. Ela segue um estilo &”interligado&” de design – recurso exclusivo da família de picapes Nissan –, com uma frente poderosa, que destaca sua capacidade de ir a qualquer lugar. Na parte traseira, o desenho das lanternas traseiras garante a sofisticação do novo design.

A caçamba também mereceu atenção especial. A picape da Nissan apresenta uma excelente combinação de carga útil e volume. Para isso, o compartimento tem uma altura maior em relação a sua antecessora – 25 mm, perto da cabine, e até 50 mm nas laterais, perto da tampa – tendo capacidade para receber até 1.054 litros de carga. E a capacidade chega a 1.043 kg. Para o conforto maior na hora de utilizar a caçamba, o para-choque traseiro tem um degrau que facilita o acesso e o uso do espaço.

Prática e confortável também é a cabine da nova picape japonesa. Cada versão tem seu acabamento diferenciado, o que inclui variados materiais e texturas para os bancos que, na dianteira, segue a tradição da Nissan de serem “Gravidade Zero”. Eles são produzidos tendo como base tecnologia desenvolvida pela NASA para eliminar a fadiga e melhorar o conforto para o condutor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui