Nos pênaltis, Corinthians garante um ponto extra diante do PSV no Florida Cup

0
582

Na noite desta quarta-feira, Corinthians e PSV Eindhoven abriram a competição no Orlando City Stadium. A equipe brasileira abriu o placar com Rodriguinho, aos 23 do primeiro tempo, e vencia até os acréscimos da etapa complementar, quando o atacante Sam Lammers empatou (1 a 1) e levou o confronto para os pênaltis.

Na cobrança das penalidades, o goleiro Caíque defendeu uma, cobrada por Lammers, e garantiu a vitória alvinegra por 5 a 4. Com isso, o Timão garante dois pontos na competição – um pelo empate e outro pelo triunfo nos pênaltis -, enquanto o PSV soma apenas um.

O atual campeão brasileiro jogou cada tempo com uma escalação diferente. A fim de testar as diferentes opções do elenco no início da temporada, o técnico Fábio Carille usou os titulares nos primeiros 45 minutos. Juninho Capixaba estreou na lateral esquerda, Jadson voltou ao time principal e Kazim assumiu o posto de centroavante.

Líder do Campeonato Holandês, o PSV aproveitou a pausa no calendário local e manteve sua força total para a estreia na Florida Cup, apostando no novo astro mexicano, o atacante Hirving Lozano. O time do técnico Phillip Cocu, ex-volante do Barcelona e da seleção holandesa, pressionou o Corinthians no início da partida. A equipe alvinegra foi salva por duas defesas do goleiro Cássio e um chute mal executado pelo atacante De Jong. O duelo foi, inclusive, o reencontro de Cássio com o time holandês – assim como Fagner e Fellipe Bastos, o goleiro já vestiu a camisa da equipe europeia.

Aos 22 minutos, Arias fez falta em Clayson, pelo lado esquerdo do ataque alvinegro. Na cobrança, Jadson cruzou na medida para Rodriguinho abrir o placar e anotar o primeiro gol do Corinthians no ano. O Timão ainda teve uma chance com Kazim, mas o jogador não aproveitou. Lozano respondeu com uma boa finalização, mas Cássio defendeu novamente.

Carille trocou os 11 jogadores no segundo tempo, com o atacante Júnior Dutra estreando no lugar de Kazim. O Corinthians tentou se fechar contra as investidas do PSV, que cresceu no segundo tempo e voltou a pressionar. O herói do Timão na etapa complementar foi o goleiro Caíque França, de 22 anos, que foi bastante exigido e correspondeu à altura.

CORINTHIANSXPSV240.jpg
Caíque defendeu uma cobrança de pênalti e garantiu vitória do Timão

Aos 26 do segundo tempo, Cocu acionou Mauro Júnior, único brasileiro do PSV, substituindo o xodó Lozano. O atacante de apenas 18 anos arriscou um chute ao gol em seu primeiro toque na bola, mas errou o alvo. O time holandês continuou acumulando chances até o apito final. Aos 43 minutos, Caíque França parou um chute de Mauro Júnior. Aos 45, outra grande defesa contra Malen.

Nos acréscimos, contudo, não deu para o goleiro alvinegro. Após lançamento de Brenet, a zaga alvinegra se atrapalhou e a bola sobrou para Lammers deixar tudo igual: 1 a 1, placar que levou o confronto para a disputa de um ponto extra nos pênaltis.

Júnior Dutra, Fellipe Bastos, Maycon converteram as cobranças para o Corinthians. Do lado do PSV, Maher e  Schwaab aproveitaram, mas Lammers, autor do gol, parou nas mãos de Caíque França. Camacho e Giovanni Augusto também marcaram e garantiram o triunfo alvinegro.

O próximo compromisso do Corinthians na Florida Cup será no sábado (13 de janeiro), contra o Rangers, da Escócia. Já o PSV enfrentará o Fluminense na sexta-feira (12 de janeiro). Ambos os confrontos serão realizados no Spectrum Stadium, na UCF (Universidade da Flórida Central).

Ficha técnica
Corinthians X PSV 

Local: Orlando City Stadium, em Orlando (EUA)
Data: 10/01/2018
Árbitro: Jonathan Bilinski (EUA)
Assistente 1: Matthew Miscannon (EUA)
Assistente 2: Miguel Martes (EUA)

Gols
: Rodriguinho 23’ 1ºT (1-0); Lammers 48’ 2ºT (1-1)
Pênaltis: Júnior Dutra, Fellipe Bastos, Maycon, Camacho e Giovanni Augusto (COR); Maher, Schwaab, Lammers (perdeu), Santiago Arias e Donyell Malen
Cartões amarelo: Léo Príncipe e Guilherme Romão (COR); Pablo Rosario (PSV)
Cartão vermelho: –

Corinthians: Cássio (Caíque França); Fagner (Léo Príncipe), Balbuena (Warian), Pedro Henrique (Léo Santos) e Juninho Capixaba (Guilherme Romão); Gabriel (Fellipe Bastos); Romero (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho (Camacho), Jadson (Maycon) e Clayson (Giovanni Augusto); Kazim (Júnior Dutra). Técnico: Fábio Carille

PSV: Jeroen Zoet; Santiago Arias, Daniel Schwaab, Nicolas Isimat e Joshua Brenet; Hendrix (Cody Gapko), Van Ginkel (Pablo Rosario) e Gaston Pereiro (Donyell Malen); Bergwijn (Adam Maher), De Jong (Sam Lammers) e Hirving Lozano (Mauro Júnior). Técnico: Phillip Cocu

(Da Florida Cup)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação