Notícia falsa sobre a morte de Flávio Dino teria sido postada na Nova Zelândia

0
2597

AQUILES EMIR

O governador Flávio Dino (PCdoB) usou sua página no Facebook nesta quinta-feira (31) para desmentir uma informação veiculada em redes sociais sobre seu falecimento, que teria sido consequência de um acidente automotivo. A notícia foi postada no endereço www.luiscardoso.tk, ou seja, nada a ver com o blog de Luis Cardoso (www.luiscardoso.com.br), pois trata-se de um endereço criado no arquipélago de Tokelau, pertencente ao território da Nova Zelândia.

No seu desmentido, o governador levanta suspeita de que a notícia é um armação política, sem mencionar de quem suspeita pela autoria. Destaca ainda que seus pais são idosos, ou seja, poderiam sofrer fortes abalos emocionais com uma informação desse tipo.

Diz ele: Informo que essa “notícia” é absolutamente falsa. Estou vivo e com boa saúde. Isso dá para ter a dimensão de como será a campanha eleitoral deste ano. Meu repúdio, lembrando que tenho família, inclusive com pais idosos.

Embora não tenha atribuído responsabilidade a ninguém pela postagem, o bogueiro Luis Cardoso reagiu indignado à nota do governador. Segundo ele, Flávio Dino deu entender que saiu em seu blog. “Não, governador, leia o blog e veja que nada disso existiu. Agora, por entender que aqui é feita oposição ao seu governo e por ser o mais acessado do Maranhão, sua vontade é de fechar o site mais independente do nosso estado”.

Ainda de acordo com Luis Cardoso, tudo não passa de uma ação orquestrada, provavelmente com aval do governador, que desta forma estaria criando um factoide para se vitimizar e jogar suspeitas nos adversários. “Quer ganhar e eleição? Procure usar outro”, disse Cardoso.

Nesta quinta-feira (30), Flávio Dino esteve na cidade de Morros, onde, dentre outras ações, inaugurou um estabelecimento de ensino no povoado São Félix.

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação