Nova diretoria executiva do Sebrae-MA toma posse nesta quarta-feira

0
2907

AQUILES EMIR

Nesta quarta-feira (02), toma posse em caráter formal a nova diretoria executiva do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae-MA), que tem Albertino Leal, ex-superintendente da Federação das Indústrias (Fiema), como diretor superintendente; Mauro Bordalo, diretor técnico; e Rachel Jordão, diretora financeira. Também haverá troca de comando na presidência do Conselho Deliberativo (Condel), onde Raimundo Coelho, presidente da Federação da Agricultura (Faema), sucede Edilson Baldez, presidente da Federação das Indústrias.

Albertino Leal diz que sua gestão será uma continuidade do trabalho que o Sebrae desenvolve em favor do empresariado, mas com algumas inovações. Ele pretende manter uma proximidade mais estreita com as entidades patronais a fim de que elas indiquem quais as demandas mais urgentes para o órgão atender cada setor produtivo.

Eleito dia 23 de novembro, Raimundo Coelho anuncia que será natural uma atenção especial do órgão aos micro e pequenos empreendedores do setor primário, a partir deste ano, mas frisou que o Sebrae manterá sua política de atender a todos os segmentos das MPEs. Coelho é o primeiro representante do setor agropecuário a presidir a instituição e para ele isto é um motivo de orgulho a mais para os agropecuaristas, que são os que mais contribuem com o desenvolvimento do estado.

Resultado de imagem para albertino leal
Albertino Leal assume cargo de diretor superintendente do Sebrae-MA

Além do presidente e do vice, Celso Gonçalo, foram eleitos na mesma data os  integrantes da diretoria executiva. Todos eles serão empossados em caráter solene dia 17 de janeiro, numa solenidade a ser realizada no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.

Colaboração – Para o empresário Edilson Baldez, a eleição de Raimundo Coelho mostrou que o empresariado maranhense se mantém unido e disposto a continuar dialogando com o Governo do Estado, que, por diversas vezes, pelas palavras do governador Flávio Dino (PCdoB), tem enfatizado a importância de se manter a separação entre iniciativa privada e poder público, para que assim ambos possam dar sua parcela de contribuição para o crescimento maranhense.

Raimundo Coelho disse que sob sua presidência, o Sebrae-MA vai manter a mesma política de fortalecimento das micro e pequenas empresas e anunciou que pretende abrir diálogos com gestores públicos, das esferas federal, estadual e municipais para que os empresários de pequeno porte continuem tendo atenção especial, principalmente no que se refere a compras governamentais.

Coelho frisou ainda que encontra um órgão bem estruturado, com um corpo técnico da mais alta qualidade e motivado a continuar primando pela sua política em prol das MPEs. Com observou, será natural que crie algumas inovações nessa política. A capacitação empresarial continuará sendo a prioridade das prioridades.

Sobre o apoio ao setor primário, lembrou que são muitos os segmentos que merecem atenção do Sebrae: criadores, agricultores, extrativistas vegetais, pescadores, agroindustriais etc. A estes, certamente, procurará abrir mais ainda as portas da instituição, sem esquecer dos demais empresários do comércio, da indústria, da prestação de serviços etc, “pois, afinal de contas, o Sebrae é a casa de todos os empresários”.

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação