Novembro Azul é tema de ações de conscientização da Câmara Municipal de São Luís

0
56

Entre as atividades realizadas estavam a distribuição de material informativo e a realização de uma palestra

A Câmara Municipal de São Luís realizou, nesta quarta-feira (18), ações de conscientização objetivando chamar a atenção dos servidores para os cuidados que devem ter com a própria saúde e bem-estar, a fim de evitar problemas futuros. A primeira atividade aconteceu logo no início da manhã, na entrada do prédio do parlamento municipal.

No local, foi montada uma tenda e distribuídos materiais informativos aos servidores da casa, com dados sobre o câncer de próstata, fatores de risco, sinais e sintomas e formas de prevenção. 

Logo em seguida, foi realizada uma palestra na sala de reuniões, ministrada por Kardene Pereira, que é coordenadora da Saúde da Pessoa Adulta e Idosa da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Durante a exposição, ela destacou a importância da população masculina ficar mais atenta às questões relacionadas à saúde e procurar o serviço médico quando perceber qualquer tipo de anormalidade.

“Essa mudança vem pela educação e isso deve começar nas escolas, ressignificar o que é ser homem, para que o cuidado se torne algo natural. É importante que a educação venha desde as escolas, para que tenhamos uma geração de homens mais conscientes com o autocuidado, e que a cultura do machismo possa ser substituída por uma cultura de cuidado e uma relação de igualdade de gênero”, destacou Kardene Pereira.

O servidor Nerivaldo Batista, que atua na Comissão de Constituição Justiça (CCJ) da Câmara, avaliou positivamente a ação. “Para mim, é uma questão de higiene pessoal, uma garantia de vida, voltada para que nós, homens, hoje, possamos ter uma vida saudável. Precisamos quebrar esse tabu, para que tenhamos garantia de uma longevidade nos tempos atuais”, disse.
A atividade foi organizada pelo Setor de Qualidade da Câmara. De acordo com Bruno Lima, responsável pelo setor, o intuito é que as ações de promoção à saúde dos servidores sejam realizadas ao longo do próximo ano.     

Cuidados – De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é o segundo tipo mais comum.

Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida.

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite). Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Manter hábitos saudáveis, como uma alimentação equilibrada e a realização de atividades físicas regulares, é a melhor forma de prevenir a doença. Já a escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui