Oportunidades para novos negócios na cadeia supermercadista são debatidas em seminário

0
557
Empresas de supermercados funcionam no período de carnaval, mas não são obrigadas a pagar hora extra

Seminário debaterá vários eixos que englobam varejo e atacado

Numa promoção da Secretária de Indústria, Comércio e Energia, em parceria com a Associação Maranhense de Supermercados (Amasp) e Associação Maranhense dos Distribuidores e Atacadistas (Amda), será realizado nesta quinta-feira (17) no Rio Poty Hotel, o seminário “Oportunidades para a cadeia produtiva do atacado e varejo supermercadista no Maranhão”. O evento, que contará exposição de produtos e palestras com especialistas renomados do setor, será aberto às 08:30 e se estende até às 18h.

Os palestrantes são Flávio Dino (governador do Estado), Simplício Araújo (secretário de Indústria e Comércio), Luís Nassif (jornalista), Roque Antônio Carraza (advogado tributarista), Marcellus Ribeiro Alves (secretário estadual de Fazenda) e Dyego Henrique de Oliveira (ex-ministro de Planejamento).

Segundo o secretário Simplício Araújo (Seinc), o seminário vai debater diversos eixos que englobam o varejo e o atacado da área supermercadista maranhense. “É necessário tratar sobre as potencialidades, os novos caminhos e mostrar com transparência o que o Governo tem feito junto as entidades do segmento com vistas a beneficiar a todos que desejem aproveitar as oportunidades do atacado e varejo, gerando emprego e investimentos em nosso estado”, diz o secretário.

Durante o evento, ainda de acordo com Simplício, serão abordadas questões sobre o associativismo empresarial, incentivos e particularidades tributárias aplicadas ao atacado e varejo supermercadistas, “além do ambiente de negócios que buscamos implantar e que está mudando a imagem do Maranhão em outros estados”.

Atualmente, existem 89 mil supermercados no Brasil, que geram quase 2 milhões de empregos. O segmento é responsável pela comercialização de 83,7% dos produtos considerados de primeira necessidade.

Segundo pesquisa Ranking ABRAS/SuperHiper, elaborada pelo Departamento de Economia da Associação Brasileira de Supermercados, o setor encerrou 2017 com 89,3 mil lojas e 1,822 milhão de funcionários diretos ante 1,802 milhão registrado em 2016, criando 20 mil novas vagas de empregos no País.

Palestrantes – Os palestrantes são Flávio Dino (governador do Estado), Simplício Araújo (secretário de Indústria e Comércio), Luís Nassif (jornalista), Roque Antônio Carraza (advogado tributarista), Marcellus Ribeiro Alves (secretário estadual de Fazenda) e Dyego Henrique de Oliveira (ex-ministro de Planejamento).

Desempenho – Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), divulgada em dezembro, o setor supermercadista acumulou, de janeiro 2018, alta real em vendas de 1,97% em relação ao mesmo período de 2017. Em valores reais – deflacionadas pelo IPCA/IBGE – cresceram 5,36% na comparação com o mês de outubro, e 3,33% em relação ao mesmo mês do ano de 2017

Para o presidente da Abras, João Sanzovo Neto, o acumulado do ano, deverá ser inferior ao esperado pela entidade. “No início de 2018 a perspectiva da ABRAS era de que as vendas atingissem um crescimento de 3%, essa estimativa foi revisada em julho para 2,53%. Mas, os últimos sete meses registraram uma estabilidade em torno de 2% em nossos resultados, e acreditamos que deveremos fechar o ano com alta em torno deste número. Mesmo assim, um resultado positivo sempre é bom, e será acima do PIB, que de acordo com as últimas projeções do mercado financeiro deverá encerrar o ano em torno de 1,3%.”

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação