Othelino Neto diz que 31 de março é uma data que não deve ser comemorada

0
304

Para ele, data lembra um período triste da história do Brasil

Em vídeo publicado nas suas redes sociais, o deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, lembrou a passagem dos 57 anos do Golpe Militar de 1964, nesta quinta-feira (31). Segundo ele, é uma data que não deve ser celebrada, mas precisa ficar registrada na história para que nunca mais se repita, pois iniciou um triste período na História do Brasil, que se estendeu por 21 anos, em que as pessoas perderam a liberdade de expressão, a possibilidade de escolher os seus governantes e o país viveu um lamentável regime de exceção.

Othelino pontuou ainda que, infelizmente, algumas pessoas que ocupam posições de destaque na nação insistem em fazer insinuações a regimes de exceção e, por isso, é preciso que todos estejam mobilizados para a defesa da democracia.

“É necessário que todos estejamos mobilizados, independente de sermos de esquerda, centro ou direita, pois o que se está discutindo é a democracia, a preservação do Estado Democrático de Direito, que é um valor que todos os brasileiros e brasileiras de bem devem tratar como algo que não pode ser questionado. Vamos continuar juntos, lutando pela democracia, pelas liberdades e todos com uma única frase: Ditadura nunca mais!”, finalizou Othelino Neto.

Assista ao vídeo

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação