Palmeiras é goleado em casa pelo Bragantino e Corinthians perde para o Sport no Recife

167

Verdão perde a vice-liderança e Timão cai para sexto lugar 

No retorno de público ao Allianz Parque, o Palmeiras foi goleado pelo Red Bull Bragantino, na noite deste sábado (09), pelo placar de 4 a 2, em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Corinthians foi até a Arena Pernambuco, em Recife (PE), e perdeu para o Sport por 1 a 0, e caiu para a sexta posição,  com 37 pontos, e o rubro-negro pernambucano deixou a zona de rebaixamento.

Com a vitória, o Red Bull Bragantino chegou à quinta colocação, com 38 pontos, dentro da zona de Libertadores. O Palmeiras, por sua vez, conheceu o quarto tropeço consecutivo e ficou na terceira posição, com 39.

O Red Bull Bragantino começou em cima do Palmeiras e precisou de apenas 12 minutos para abrir o placar. Aderlan mandou a bola entre os dois zagueiros do time alviverde. Ytalo invadiu a área e chutou forte para fazer 1 a 0. Dudu e Jorge responderam, mas não conseguiram furar a meta de Cleiton.

O time visitante continuou em cima e ampliou aos 33 minutos. Danilo Barbosa falhou, Cuello ficou com a bola e arriscou de longe. A bola desviou no próprio volante e acabou no fundo das redes. Aos 35, foi a vez de Artur, ex-jogador do próprio clube da capital, superar Jailson e fazer 3 a 0.

Atrás no placar, o Palmeiras foi com tudo para tentar diminuir e conseguiu aos 42 minutos. Dudu recebeu de Kusevic e cabeceou para o gol. O próprio camisa 4+3 jogou uma bola na trave, no lance seguinte.

O segundo tempo começou com o Palmeiras pressionando. Aos 16 minutos, o árbitro marcou pênalti de Aderlan em Jorge. Raphael Veiga bateu e fez 3 a 2. Mas a alegria durou pouco. O Red Bull Bragantino respondeu com Artur, que ampliou o placar para 4 a 2.

Na próxima rodada, o Red Bull Bragantino enfrenta o Atlético Goianiense na terça-feira (13), às 19h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). No mesmo dia, às 21h30, o Palmeiras visita o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Jogadores do Sport comemoram vitória que lhes tirou da zona de rebaixamento (Twitter)

Recife – No primeiro tempo, o Corinthians chegou somente em chutes de longa distância com Renato Augusto. O time paulista sofreu um gol aos 24 minutos, de cabeça de Sabino, mas a arbitragem anulou o lance alegando impedimento de Rafael Thyere, que também participou do lance.

No segundo tempo, o Corinthians voltou mais ligado, tocando mais a bola no campo ofensivo e jogando pelas laterais com Róger Guedes e Gabriel Pereira.

As entradas de Gabriel Mosquito e Adson melhoraram o time, mas o Corinthians sofreu o gol aos 35 minutos. Marcão tabelou com Mikael e lançou Paulinho Moccelin, que dominou e bateu forte no canto de Cássio.

Aos 39 minutos, Gabriel Pereira teve a chance do empate, mas parou na defesa de Maílson. Nos minutos finais, o Corinthians esboçou uma pressão, mas não conseguiu buscar o empate.

O Corinthians vai buscar a reabilitação na próxima quarta-feira (13), contra o Fluminense, na Neo Química Arena, pela 26ª rodada.

(Com informações da FPF e fotos do Twitter)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui