Palmeiras goleia e aumenta o drama do São Paulo na zona do rebaixamento

0
529

Na tarde deste domingo (27), quatro jogos movimentaram a 22ª rodada do Brasileirão com 14 bolas na rede. Em São Paulo, o Palmeiras levou a melhor no “Choque-Rei” e venceu o clássico com o São Paulo por 4 a 2. No Rio de Janeiro, o Flamengo também se impôs dentro de casa e superou o Atlético do Paraná por 2 a 0. Pelo placar de 2 a 1, Atlético Mineiro e Botafogo vencem como visitantes. Em Campinas (SP), o Galo virou para cima da Ponte Preta e em Salvador (GO), o Glorioso bateu o Bahia.

No Luso Brasileiro, a famosa Ilha do Urubu, o Flamengo bateu o Atlético e emendou a segunda vitória consecutiva no Brasileirão. Os dois gols do triunfo carioca saiu ainda na primeira etapa. Aos 16 minutos, Diego pegou o rebote de Weverton, após cabeceio de Guerrero, e abriu o placar, 1 a 0. Aos 31 minutos, Willian Arão acertou belo chute de primeira e também balançou as redes. Na quinta posição, o Rubro-negro carioca chegou a 35 pontos.

No Allianz Parque, o Palmeiras levou a melhor no clássico paulista com o São Paulo. O Tricolor saiu na frente aos 12 minutos com Marcos Guilherme. Com dois gols de Willian, aos 35 e 38, o Verdão virou a partida. Já nos acréscimos, Hernane deixou tudo igual antes do intervalo. Keno e Hyoran balançaram as redes na reta final e definiram o clássico a favor do Palmeiras que, com 36 pontos, defendeu a quarta posição. Com 23, o São Paulo segue na zona de rebaixamento, na 17ª colocação.

Na Arena Fonte Nova, Bahia e Botafogo também foram para o intervalo empatados. Aos 13 minutos, o Alvinegro largou na frente com Roger. Dois minutos depois, o Bahia respondeu com Renê Júnior e igualou a partida. Na reta final do confronto, aos 47 minutos, Bruno Silva marcou o gol decisivo e garantiu o triunfo carioca por 2 a 1, que colocou o Botafogo na sexta posição.

Também fora de casa, o Atlético de Minas levou a melhor para cima da Ponte Preta. Após sair atrás do placar com gol de Léo Gamalho aos 44 minutos do primeiro tempo, o Galo reagiu na etapa final. Aos 15 minutos, Elias deixou tudo igual. Aos 43, Otero decidiu e sacramentou a vitória dos visitantes, 2 a 1.

(Da CBF com imagem de César Greco/Palmeiras)

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação