Palmeiras goleia o América de Minas, mas Flamengo impede a conquista do título

0
422

O Palmeiras fez o seu dever de casa, goleou o América de Minas por 4 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo (SP), nesta quarta-feira (21), mas o resultado não foi suficiente para comemorar o  título de campeão brasileiro de 2018. A comemoração foi adiada porque, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), o Flamengo venceu o Grêmio e ficou a uma distância de cinco pontos do primeiro colocado, faltando ainda duas rodadas para encerrar a competição.

Com a goleada sobre o time mineiro, o líder Palmeiras passou a somar 74 pontos e o América, com 37, ocupa o 17º lugar na tabela. Já o Flamengo segue no segundo lugar, agora com 69 pontos, enquanto o Grêmio, com 62, permanece na quarta posição.

Apesar do placar elástico no jogo do Palmeiras, nenhum gol foi marcado no primeiro tempo, mas na volta do intervalo o Verdão não desperdiçou mais chances. Mantendo o ritmo do primeiro tempo, o time da casa pressionou desde o início e abriu o placar aos 13 minutos. Lucas Lima cruzou da esquerda, Messias tentou tirar, mas a bola bateu em Luan e entrou: 1 a 0.

Aos 30, Dudu driblou Carlinhos e tocou para Mayke, que cruzou na área. A bola sobrou para Dudu, que ajeitou para Willian fazer o segundo. Dois minutos depois, saiu o gol de Dudu. Bruno Henrique lançou o atacante no campo de ataque, e o camisa 7 dominou e bateu de fora da área, no ângulo, para fazer mais um. E, aos 36, Deyverson recebeu cruzamento de Mayke e fechou a conta de cabeça: 4 a 0.

Flamengo – Jogando em casa, o Flamengo dominou os primeiros minutos do jogo contra o Grêmio. Com maior posse de bola e investindo bem nas jogadas pelas laterais, o Rubro-Negro começou bem ofensivo, mas a rede balançou somente no segundo tempo.

No primeiro minuto da etapa final, após boa jogada trabalhada com Vitinho, Uribe, Éverton Ribeiro e Arão, Pará recebeu na área e finalizou rasteiro no canto direito de Paulo Victor, que jogou para escanteio. E então, Éverton Ribeiro cruzou para a área, Réver tocou de cabeça, e Uribe subiu para marcar de voleio: 1 a 0.  Aos 44, Diego matou o jogo finalizando no canto direito de Paulo Victor para fazer 2 a 0.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação