Palmeiras marca duas vezes no final da partida contra Santo André e garante vaga na semifinal do Paulistão

0
50

Foi suado e com gols marcados por Felipe Melo e Marcos Rocha apenas nos instantes finais, mas o Palmeiras conseguiu superar a forte marcação do Santo André e vencer por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (29), no Allianz Parque, em São Paulo, pela partida decisiva das quartas de final do Paulistão Sicredi.

Os palestrinos, porém, precisam esperar o restante desta etapa para conhecer o adversário na semifinal. Nesta quinta-feira, o Red Bull Bragantino enfrenta o Corinthians, enquanto a Ponte Preta desafia o Santos. Também nesta quarta-feira, o Mirassol foi ao Morumbi e eliminou o São Paulo pelo placar de 3 a 2.

Os donos da casa tiveram mais posse de bola no primeiro tempo, cerca de 70%, mas foram os visitantes quem mais levaram perigo. O número de finalizações, 8 contra 6 para o time do ABC, já dá uma amostra dos primeiros 45 minutos.

A equipe comandada por Paulo Roberto Santos ficou bem próxima de abrir o placar aos 14, quando Ramon recebeu cruzamento da esquerda e testou firme. O goleiro Weverton se esticou todo e conseguiu colocar para o lado.

Já aos 43, Branquinho roubou a bola de Felipe Melo e teve ótima oportunidade, mas parou em nova intervenção do arqueiro palestrino. Na sequência, aos 44, foi a vez de Douglas Baggio bater de fora da área e exigir nova aparição Weverton.

O time dirigido por Vanderlei Luxemburgo, por outro lado, foi às redes aos oito minutos, mas Luiz Adriano estava impedido. Teve como melhor chance uma oportunidade com Willian Bigode, aos 26, que recebeu de Gabriel Menino e ficou cara a cara com o goleiro Ivan. O andreense fechou bem o ângulo, evitou o drible e afastou o perigo.

Disposto a melhorar no setor de criação, o Palmeiras retornou dos vestiários com Lucas Lima e Gustavo Scarpa. E foi justamente o ex-meia do Santos quem recebeu de Diogo Barbosa, aos 11 da etapa final, em boa situação. Entretanto, acabou desperdiçando a oportunidade.

Em meados do segundo tempo, Luxemburgo buscou oxigenar e dar nova dinâmica ao meio de campo com as entradas do volante Bruno Henrique e do zagueiro Luan, dando maior liberdade para Felipe Melo. O Santo André, por outro lado, fez substituições visando ter mais poder defensivo. Dessa forma, os donos da casa precisaram apostar em chuveirinhos e bolas longas.

E foi justamente dessa forma que saiu o primeiro gol da vitória palestrina. Gustavo Scarpa cobrou escanteio do lado esquerdo e encontrou Felipe Melo. O defensor subiu bem e testou firme, mas precisou contar com desvio em Rodrigo para vencer o goleiro Ivan e abrir o marcador. Depois, aos 49, Marcos Rocha ficou livre após rebote, tocou para o fundo do barbante e garantiu a vitória.

(Da FPF e foto de César Greco/Palmeiras)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação