Palmeiras perde para o Cerro Porteño, mas se classifica para as quartas de final da Libertadores

0
377
O jogador Willian, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Santos FC, durante partida válida pelas semi de final (ida), do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio do Pacaembu.

O Palmeiras carimbou sua classificação para as quartas de final da Copa Libertadores da América nesta quinta-feira (30), mesmo perdendo por 1 a 0 para o Cerro Porteño, no Allianz Parque. Com a classificação garantida, o Palmeiras vai enfrentar na próxima fase o Colo-Colo, do Chile, que passou pelo Corinthians.

O primeiro tempo começou turbulento para o Palmeiras. Logo aos três minutos, Felipe Melo entrou mais forte em Víctor Cáceres e acabou expulso. Com dez jogadores, Felipão pediu para o time recuar e jogar no contra-ataque. Foi assim que por muito pouco não abriu o placar. Borja partiu em velocidade e deu de bandeja para Willian. O atacante parou no milagre do goleiro Antony Silva.

A resposta do Cerro foi imediata. Víctor Cáceres recebeu na marca do pênalti, mas pegou mal na bola e mandou pela linha de fundo. Logo na sequência, Churín teve a oportunidade de marcar, mas ficou na defesa de Weverton.

Apesar de ter mais de 70% de posse de bola, o Cerro não conseguiu ser superior ao Palmeiras, que se segurou bem e levou um 0 a 0 para o intervalo.

No segundo tempo, enfim a pressão do Cerro se transformou em gol. Aos 11 minutos, Arzamendia avançou pela esquerda e foi cruzar. A bola pegou uma curva venenosa e enganou o goleiro Weverton, terminando no fundo das redes.

Depois do gol, o Palmeiras se fechou por completo. Thiago Santos entrou no lugar de Borja e ajudou ainda mais na marcação. No entanto, Willian resolveu arriscar de fora da área, mas de novo viu Antony Silva fazer uma excelente defesa.

O time paraguaio ameaçou uma pressão no fim, mas Weverton fez mais duas defesas para assegurar a classificação alviverde. Antes do fim, Deyverson e Marcos Cáceres acabaram expulsos.

(Com dados da FPF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação