Palmeiras tenta recuperar confiança da torcida contra Dodoy Cruz pela Libertadores

0
328

O Palmeiras, que sábado (20), perdeu a invencibilidade do Campeonato Brasileiro ao ser derrotado pelo Ceará, treinou nesta segunda-feira (22) no estádio Bautista Gargantini, em Mendoza (Argentina) e encerrou a preparação para enfrentar o Godoy Cruz pela partida de ida das oitavas de final da Conmebol Libertadores. O duelo está marcado para esta terça (23), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Malvinas Argentinas, e colocará as duas equipes frente a frente pela primeira vez na história.

A delegação alviverde encarou cerca de 36 horas de viagem até chegar à cidade do jogo. Devido às péssimas condições climáticas, o avião que saiu de Fortaleza no sábado (20), logo após o confronto com o Ceará pelo Campeonato Brasileiro, arremeteu duas vezes e precisou posar em Rosario na manhã de domingo (21). De lá, os palmeirenses seguiram para Buenos Aires e dormiram na capital argentina antes do embarque para Mendoza, onde chegaram por volta das 12h.

A partida de volta contra o Godoy Cruz está marcada para terça-feira (30), às 21h30, no Allianz Parque. Recordista em participações na Libertadores ao lado de Grêmio e São Paulo com 19 edições disputadas (incluindo a atual), Palmeiras está em sua 15ª oitavas de final da competição continental. Das 14 vezes anteriores, o Verdão avançou às quartas de final em nove oportunidades: 1961, 1968, 1971, 1995, 1999, 2000, 2001, 2009 e 2018.

Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação_Bruno Henrique é o capitão do Alviverde

Esta é a primeira vez que o Palmeiras disputa quatro edições seguidas da Libertadores. Em 2016 (após ser campeão da Copa do Brasil em 2015) o time caiu na primeira fase. Em 2017 (após ser campeão brasileiro em 2016), chegou às oitavas. E em 2018 (após ser vice-campeão brasileiro em 2017), parou nas semifinais.
As novidades do técnico Luiz Felipe Scolari para esta fase eliminatória são o meio-campista Ramires e o atacante Willian.
Contratado durante a pausa para a Copa América junto ao Jiangsu Suning, da China, Ramires foi inscrito no lugar de Guerra (emprestado ao Bahia) e pode fazer sua segunda partida com a camisa do Verdão, já que estreou no último sábado (20) diante do Ceará – entrou aos 25 min do 2º tempo. O jogador de 32 anos tem em seu currículo, entre outros títulos, a Champions League, a Europa League e a Premier League pelo Chelsea-ING e o Campeonato Português pelo Benfica-POR, além de ter disputado as Copas do Mundo de 2010 e 2014 e conquistou a Copa das Confederações de 2009 pela Seleção Brasileira.
Já Willian, recuperado da lesão no ligamento cruzado do joelho direito sofrida ao dar o passe para Deyverson fazer o gol do decacampeonato brasileiro contra o Vasco, em dezembro, entrou na vaga de Ricardo Goulart, que retornou ao Guangzhou Evergrande, da China. O Bigode fez sua reestreia pela equipe diante do Internacional, pela Copa do Brasil (entrou aos 44 min do 2º tempo), e atuou também nas três partidas seguintes, diante de São Paulo (entrou aos 38 min do 2º), Internacional (13 min do 2º) e Ceará (entrou no intervalo).
Se avançar para as quartas de final, o Palmeiras poderá trocar mais dois nomes na lista de 30 inscritos da competição. Antes das semifinais, mais duas trocas são permitidas.
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação