Para Eduardo Braide, números do IBGE atestam incapacidade do grupo que governa o Maranhão

0
583
Em São Luís, o novo prefeito é o deputado federal Eduardo Braide, do Podemos

AQUILES EMIR

Em entrevista concedida nesta sexta-feira (29) ao programa Nova Manhã, da Nova FM (93,1), o deputado federal Eduardo Braide, que trocou o PMN pelo Podemos, declarou que os recentes números divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) atestam a incapacidade do grupo que hoje governa o Maranhão. Ainda de acordo com Braide, Governo do Estado e Prefeitura de São Luís venderam, em 2016, a ilusão da necessidade de se ter um prefeito próximo do governador, porém, fora da televisão, não se percebem os benefícios que a população teve com esta aliança.

Os números do IBGE a que Braide se refere são os que atestam o aumento da extrema pobreza no Maranhão, a partir de 2015; o estado continuando com o menor PIB per capita do país; as mais altas taxas de desempregados do país; maior número de trabalhadores sem carteira assinada; menor expectativa de vida; um dos maiores percentuais de mortalidade infantil etc. Todas essas coisas se arrastam há décadas e nos últimos quatro anos se agravaram por falta de medidas eficazes para atender a população.

Para ele, a gravidade desses números mostra que nunca houve preocupação em se criar um programa realmente voltado para tirar o Maranhão desses índices vexatórios, apenas se pregou uma proposta milagrosa, tudo para chegar ao poder e dele não querer mais sair.

Resultado de imagem para eduardo braide

Prefeitura – Eduardo Braide frisou ainda que vem sendo atacado constantemente por aqueles que deveriam estar desqualificando sua pré-candidatura a prefeito da capital mostrando as realizações dos últimos quatro, mas na falta de ter o que mostrar parte-se para ofensas, fake news e outros mecanismos para tentar, outra vez, enganar o eleitor, mas este certamente lembra das promessas da campanha anterior e certamente deve estar se perguntando onde foram feitas as obras anunciadas para serem feitas.

O deputado lembrou que na eleição de 2016, o governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito Edivaldo Holanda (PDT) se deixavam fotografar e filmar de capacete na cabeça para darem a impressão de que estavam trabalhando, vistoriando obras, mas tudo era venda de ilusão, tanto que até hoje não foi concluído o Hospital da Criança, a Maternidade da Cidade Operária, as vinte creches prometidas desde 2012, as escolas de tempo integral e outras que afirmavam serem possíveis somente numa aliança dos palácios dos Leões (sede do Governo Estadual) e La Ravardiere (sede da Prefeitura).

Eduardo Braide diz que estará colocando, em 2020, seu nome novamente à apreciação do eleitorado de São Luís, com quem pretende debater suas propostas para desenvolver a capital e melhorar as condições de vida da população. Espera que desta vez os moradores da cidade estejam mais atentos para estabelecer uma diferença entre quem promete e nunca faz e quem está se propondo a fazer o melhor.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação