Parmênio de Carvalho recebe a maior distinção da Confederação da Indústria

0
859

O empresário Parmênio Mesquita de Carvalho (Grupo Canopus) recebeu, quinta-feira (10), a Ordem do Mérito Industrial, conferida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Nestes 57 anos de criação desta distinção, um seleto grupo de personalidades e empresários receberam a comenda, entre os quais destacam-se os ex-presidentes Juscelino Kubitschek, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, além do ex-vice-presidente José de Alencar e os industriais Jorge Gerdau, Antônio Ermírio de Moraes, Ivo Hering e Francisco Carlos de Oliveira (FC Oliveira), este do Maranhão.

“Muito nos orgulha entregar a merecida homenagem ao empresário Parmênio Carvalho, que nesta noite recebe a Medalha do Mérito Industrial da CNI, uma condecoração que muito honra ao homenageado, a Fiema promotora da indicação e ao Maranhão pelo seu empreendedorismo no setor da indústria da construção civil”, ressaltou o presidente da Federação das Indústrias do Maranhão, Edilson Baldez.

Parmênio Carvalho, há 40 anos atuando nos ramos de construção civil, shopping center, distribuição de combustíveis agradeceu a homenagem recebida. “Nós, do grupo Canopus, ficamos muito felizes em receber uma homenagem dessa envergadura nacional, a maior da CNI, realmente coroa um trabalho de um longo tempo. Passamos por um momento não muito fácil na economia, mas os meus filhos têm me ajudado muito a administrar o nosso grupo. A minha satisfação é de 100% com esse reconhecimento”, destacou.

As indicações ao recebimento da Ordem do Mérito são feitas pelas 27 federações de indústrias e pelo presidente da CNI. O número de concessões, anualmente, da Ordem do Mérito Industrial se restringe ao máximo de dez. No Maranhão, os empresários Nazareno Andrade (Elétrica Visão) e Francisco Carlos de Oliveira (FC Oliveira) já receberam a honraria da CNI.

Governador Flávio Dino distinguiu Robson Braga de Andrade

Homenagens – Na mesma solenidade, realizada no Blue Tree Towers São Luís, o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, recebeu da Fiema, o Grande Colar da Ordem do Mérito Industrial, pelo trabalho em prol do desenvolvimento do setor produtivo brasileiro. Para o presidente da Fiema, Edilson Baldez, a instituição tem muito que agradecer ao presidente Robson por defender os interesses da indústria e a contribuir com a oferta de produtos e serviços ao setor produtivo. Braga ainda foi agraciado ainda com a Medalha Ordem dos Timbiras, no Grau Grande Oficial, a mais alta condecoração do Governo do Estado, entregue pelo governador Flávio Dino.

O presidente da CNI, ao agradecer a homenagem, disse que é uma honra muito grande a distinção. Estamos trabalhando seriamente para que o desenvolvimento do Brasil possa ser em todos os Estados de maneira uniforme, principalmente nos estados do Norte e Nordeste. Para mim é mais um motivo, um incentivo de continuar trabalhando para que o Maranhão seja um desses estados com potencial de desenvolvimento muito grande”, destacou.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação