Passo a passo para quem deseja alcançar a saúde financeira em 2024

6

Especialista traz dicas práticas para equilibrar o orçamento

Com o início do ano, vem a necessidade de destinar parte da renda para os impostos (IPTU, IPVA etc.), despesas com férias e, para quem tem filhos em idade escolar, matrícula, material escolar e outros gastos. O contribuinte deve regularizar os tributos e manter as despesas mensais em dia.

Diante do desafio de enfrentar as contas extras de janeiro, o professor de Ciências Contábeis do Centro Universitário de Brasília (CEUB), Max Bianchi Godoy dá dicas para organizar as finanças e alcançar boa saúde financeira em 2024.

Bianchi frisa que as pessoas devem se organizar financeiramente desde janeiro para que possam ter um ano mais repleto de realizações. Ainda que pareça uma tarefa árdua, essa rotina é necessária para colocar em dia as finanças e, assim, evitar surpresas com gastos inesperados.

“Seguindo essas dicas, você estará preparado para lidar com os desafios financeiros de 2024 e ter um Ano Novo ainda mais feliz. Já dizia Lao-Tsé: ‘toda longa jornada começa com um primeiro passo’”, analisa Bianchi.
Confira o passo a passo:
  • Faça um orçamento pessoal – Seja no papel ou em uma planilha, liste as fontes de renda e despesas fixas: aluguel, financiamentos, prestações de empréstimos, seguros, planos de saúde e valores médios das contas de serviços públicos (água, luz etc.). “Inclua uma média de cada despesa variável, como mantimentos, gasolina e gastos com entretenimento. Ao fazer isso, conseguirá observar melhor para onde seu dinheiro está indo e identificar áreas que poder cortar ou reduzir”, aconselha.
  • Inclua o pagamento dos impostos – Eles aparecem nos primeiros meses do ano, tais como os impostos sobre imóveis (IPTU), sobre veículos (IPVA) e outros. “Estes costumam ser mais previsíveis, pois baseiam-se nos valores de anos anteriores acrescidos de algum índice ou em tabelas”, explica o docente do CEUB.
  • Defina metas financeiras – Decida o que gostaria de alcançar financeiramente neste e no próximo ano. Essas metas podem ser desde quitar dívidas a economizar para dar entrada em um imóvel ou realizar/aumentar o fundo de emergência. O estabelecimento de objetivos específicos tende a auxiliar muito na motivação e no foco para a melhoria financeira.
  • Faça uma reserva para acontecimentos excepcionais – Destine parte da sua receita para despesas eventuais ou gastos com reparos de automóveis, contas médicas, reformas de urgência, acidentes e outros, que podem surgir fora da programação e, eventualmente, ser caros.
  • Organize comprovantes – O docente do CEUB recomenda criar uma espécie de arquivo – que pode ser virtual – para guardar os documentos financeiros, sejam contas, recibos, extratos bancários ou imposto de renda, em um só local, facilitando o acesso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui