Paysandu bate Águia e pega Santos do Amapá pela Copa Verde

0
715

O Paysandu está nas semifinais da Copa Verde 2017! Nesta terça-feira (4), pela volta das quartas de final, o Papão bateu o Águia de Marabá/PA por 1 a 0 no Mangueirão e conquistou a classificação de forma tranquila. A equipe Bicolor já havia derrotado o Azulão por 2 a 1 na ida. O único gol desta noite foi marcado por Fernando Lombardi.

A equipe do Paysandu entrou em campo tranquila, com a vantagem do empate. E logo aos nove minutos de bola rolando, a situação ficou mais confortável. A bola foi alçada na área, Gilvan desviou e ela ficou quicando, até que Fernando Lombardi, mesmo caído, conseguiu desviar para balançar a rede. Com a vantagem ainda mais larga, o Papão passou a administrar a posse de bola até o fim do primeiro tempo. Na etapa final, Leandro Carvalho, aos cinco, e Caíque, aos 17 minutos, tentaram arrancar o empate, mas não superaram o goleiro Emerson e a vaga ficou mesmo com o time da casa.

Agora, o Paysandu terá o Santos do Amapá como adversário na próxima fase da Copa Verde. O sorteio para a definição dos mandos de campo será realizado nesta quinta-feira (6), às 12h (de Brasília), na sede da CBF, no Rio de Janeiro (RJ).

Santos -Segunda-feira (3), o Santos eliminou o Remo pelo jogo de volta das quartas de final e chegou à semifinal da competição pela primeira vez. Após perder por 2 a 1 no primeiro confronto, o Peixe da Amazônia derrotou o Leão por 3 a 0, no Estádio Zerão, e terá pela frente o vencedor do duelo entre Paysandu/PA e Águia de Marabá/PA.

Precisando reverter o placar da ida, o Santos pressionou e chegou ao primeiro gol aos 13 minutos do primeiro tempo. Livre no meio da área, Fabinho recebeu ligação direta de Dedé e mandou por cobertura: 1 a 0. Aos 31, o Remo quase empatou com Gabriel Lima, que estava livre na área, mas mandou a bola por cima do gol de Axel.

O jogo seguiu agitado no início do segundo tempo, com direito a bela defesa de André Luís para o Remo, bola na trave e, também, chute para fora de Gabriel Lima. Apesar das boas investidas do time azulino, foi o Santos quem ampliou o marcador. Aos 30, após contra-ataque fulminante, Fabinho cruzou para Denilson, que marcou o segundo. Aos 40, Batata cobrou falta no ângulo e fechou o placar: 3 a 0.

(Da CBF)

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação