Personalizar o apartamento na planta pode torná-lo mais barato em até 30%

197

Customização é estratégia para o setor imobiliário

A possibilidade de personalização é uma das características que tende a ser cada vez mais valorizada no processo de compra e venda de imóveis. Realizado pela consultoria Deloitte, o estudo “O Comportamento do Consumidor de Imóveis em 2040” apontou que,  além de tecnologia e sustentabilidade, esse é um dos aspectos nos quais as construtoras devem investir.

A personalização nada mais é do que a chance de modificar o imóvel de acordo com as preferências e demandas do morador. Parece algo simples, mas, na prática, depende do tipo de empreendimento. Há estruturas que não permitem inclusão ou retirada de paredes e o uso de determinados materiais para piso, revestimento ou acabamento.

Nesse sentido, imóveis na planta oferecem vantagens, uma vez que os proprietários podem fazer as mudanças ainda durante a fase de construção. Essa alternativa também torna o processo mais econômico. Segundo informações de construtoras, a personalização de um apartamento em fase de lançamento pode ser até 30% mais barata do que um trabalho de reforma realizado após a sua conclusão.

kit personalização – Na tentativa de agradar o público consumidor, o mercado imobiliário tem investido em diferentes estratégias para promover a personalização de imóveis na planta.

Há construtoras que oferecem o chamado “kit personalização” para o cliente. Por meio dele, é possível escolher tipo de piso, revestimento e louças. As definições devem ser comunicadas dentro de um prazo predeterminado para que a empresa tenha tempo hábil de realizá-las.

Plantas inteligentes são outra alternativa oferecida pelo mercado. Nesse caso, o proprietário tem a oportunidade de optar sobre a personalização dos ambientes, podendo escolher, por exemplo, a integração de cômodos, como sala e varanda ou sala e cozinha.

Construtoras que oferecem esse serviço têm mais de um tipo de planta que pode ser adequada ao projeto do ambiente. Os layouts são apresentados ao consumidor, que escolhe qual atende melhor ao seu dia a dia.

Vantagens – Para os moradores, a personalização é sinônimo de exclusividade e garantia de que tudo corresponderá às necessidades da sua rotina. No estudo, a Deloitte destaca que as pessoas são plurais e, por isso, o mercado imobiliário deve estar preparado para responder a essa pluralidade.

A personalização do imóvel na planta garante economia de custos, tempo e comodidade, uma vez que o trabalho é concluído pela construtora antes do proprietário se mudar, ainda na fase de construção da unidade.

Para as empresas, também há vantagens em oferecer o serviço. Além de um diferencial competitivo para a atração de clientes, é uma forma de estar à frente no processo de adaptação às tendências do mercado.

Segundo a Deloitte, o setor precisará cada vez mais oferecer soluções que se adaptem a vários perfis consumidores. O estudo aponta que os espaços integrados e personalizados são uma forma de atender a essa demanda e otimizar custos tanto para construtores quanto para moradores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui