Pesquisa do PoderData diz que subiu para 58% os que defendem impeachment de Bolsonaro

0
335
Presidente Jair Bolsonaro participou da cerimônia de Entrega de Títulos de Propriedade Rural em Marabá, no Pará.

Instituto faz mais 100 mil ligações até encontrar o público que quer entrevistar

Pesquisa do Poder Data, divulgada nesta quinta-feira (19), pelo portal Poder 360, indica que aumentou o percentual dos que acham que o presidente Jair Bolsonaro deve sofrer impeachment. Segundo a pesquisa, esse é o entendimento de 58% dos entrevistados, um aumento de oito pontos em relação ao levantamento anterior, realizado no final de julho.

Por outro lado, a proporção dos que acham que Bolsonaro deve continuar no cargo teria caído 13 pontos percentuais no mesmo período, passando de 45% para 32%.

A pesquisa teria sido realizada no período de 16 a 18 de agosto, com 2.500 entrevistas em 433 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas.

Muitas vezes, segundo o próprio instituto , são feitas mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

Quem mais apoia o impeachment:

  • Mulheres (67%) pessoas de 25 a 44 anos (60%);
  • Moradores da região Sudeste (68%);
  • Quem recebe de 5 a 10 salários mínimos (71%).

Quem mais defende a continuidade de Bolsonaro no cargo:

  • Homens (44%); pessoas de 16 a 24 anos (46%);
  • Moradores da região Norte (45%);
  • Quem recebe de 2 a 5 salários mínimos (48%).

(Com informações do Poder 360)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação