Pesquisa do Procon encontra variação de até 112,11% em itens para ceia de Natal

19

Objetivo é ajudar consumidor a escolher melhores itens

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA) divulgou, na segunda-feira (19), um levantamento com opções de preços dos itens da ceia, como azeites, carnes congeladas, panetones, grãos, frutas, frutas em calda, farofas, conservas, cereal, bombons e bebidas. Foram pesquisados os valores de mais de 182 produtos em cinco estabelecimentos da Grande Ilha, no período de 12 a 16 de dezembro.

O item com maior variação encontrado foi a “Maçã Importada”, que custa R$ 21,19 no Mercadinho Carone, localizado no Maranhão Novo, e R$ 9,99 nos Supermercados Mateus (vários), uma diferença de 112,11%.

De acordo com o presidente em exercício do Procon/MA, Ricardo Cruz, essa grande variação só demonstra a importância de pesquisar antes de comprar. “É muito importante que o consumidor consuma de forma consciente, uma vez que com o início do novo ano, outras obrigações surgem como o pagamento do IPTU, do IPVA e do material escolar dos filhos. Dessa forma, é possível garantir uma grande economia e podemos reduzir o índice de superendividamento”, pontuou.

Azeites – Dentre as opções de azeites, a maior diferença foi encontrada no Azeite de Oliva Extra Virgem Andorinha 250 ml, que no Mateus Supermercados (vários), custa R$ 19,99 e R$ 17,90 no Assaí Atacadista, no Turu.

Panetone – Na seção de panetones, o Panetone Visconti Mais Chocolate 450g, foi encontrado por R$ 15,99 no Mateus Supermercados (vários) e R$ 25,99 no Mercadinho Carone, localizado no Maranhão Novo.

Carnes congeladas – Entre as carnes congeladas, a maior variação foi de 74,43%, no quilo de Paleta Suína, da Genérico, que sai por R$ 25,99 no Atacadão (Bequimão), enquanto no Mercadinho Carone, no Maranhão Novo, o mesmo item custa R$ 15,90.

A pesquisa ainda contém os valores pesquisados de cereais, farofas, bombons, conservas, grãos e frutas, frutas em caldas e bebidas, que você pode conferir no site do Procon Maranhão (www.procon.ma.gov.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui