Petistas defendem aliança com Roseana Sarney para o Governo do Estado

0
2137

AQUILES EMIR

A opção da maioria dos filiados ao Partido dos Trabalhadores (PT) no Maranhão é apoiar a coligação que pode garantir a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), porém uma boa parcela defende o apoio à candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (MDB). A revelação é do ex-secretário estadual de Esportes e pré-candidato a senador pela legenda Márcio Jardim, publicada em primeira mão pelo blog de Diego Emir e ratificada nesta quarta-feira (06) no programa Conversa Franca, apresentado pelo jornalista na Rádio Difusora AM.

Márcio Jardim disse que gostaria que hoje 100% dos petistas estivessem convencidos de que o melhor caminho é dar a Flávio Dino um segundo mandato, entretanto uma forte corrente acha que o partido deveria novamente se aliar com Roseana, por entender que ela deu um melhor tratamento à legenda.

Quando governadora de 2010 a 2014, Roseana deu ao PT a Secretaria de Trabalho e Economia Solidária, que era dirigida por José Antônio Heluy Filho, candidato a suplente de senador na chapa de Gastão Vieira. Além da secretaria, Roseana levou para vice o hoje conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Washington Luiz, a quem apoiou em 2012 na eleição para prefeito de São Luís.

Apesar de oficialmente coligado com Lobão Filho em 2014, boa parte dos militantes petistas fez campanha aberta para Flávio Dino e este comportamento deve se repetir de maneira inversa na eleição deste ano, principalmente se não for formalizada a presença de um petista na chapa majoritária do governador. Vale destacar ainda que o ex-presidente Lula era presença quase que diária nas inserções de rádio e TV do emedebista, que dizia conhecer a capacidade para dirigir bem o Maranhão.

Muitos petistas lembram ainda que Roseana nas quatro campanhas do PT à Presidência da República, de 2002 a 2014, apoiou tanto Luiz Inácio Lula da Silva quanto Dilma Rousseff. Na data em que confirmou sua pré-candidatura ao Governo do Estado, dia 21 de maio, Roseana fez uma menção ao ex-presidente, dizendo que não concorda com sua prisão e agradeceu a maneira como tratou o Maranhão no período em que ela governou o estado.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação