Pinto Itamaraty adia saída do PSDB e anuncia candidatura a deputado federal

0
1431

AQUILES EMIR

O suplente de senador Pinto Itamaraty, que, apesar de presidente do diretório municipal do PSDB, era cotado como um dos que seguiriam o vice-governador Carlos Brandão, para onde ele fosse, depois de sua saída do partido por discordar da volta do senador Roberto Rocha, ainda não decidiu para onde vai ou se ainda vai mudar de legenda.

De acordo com Pinto, que percorreu diversos municípios da Baixada e Litoral Norte durante o carnaval, muita coisa ainda vai acontecer nos próximos dois meses, por isto vai definir seu futuro partidário somente no último prazo para mudança de legenda, o que deve ocorrer em abril, ou seja, tudo pode acontecer, até mesmo sua permanência no ninho tucano.

Para ele, é muito precipitado neste momento sair do PSDB e entrar em outra legenda sem saber o que os dirigentes nacionais estão planejando, por isto é melhor esperar. Vale lembrar que os tucanos têm o projeto de eleger o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, presidente da República, e não seria um bom negócio sair justamente quando o partido pode voltar ao comando da Nação.

Por outro lado, a possível inviabilidade da candidatura do ex-presidente Lula pode criar uma incerteza muito grande entre os partidos que hoje gravitam em torno do governador Flávio Dino (PCdoB).

O senador suplente diz que a única certeza que tem agora é que vai disputar um mandato eletivo este ano, apesar de sua condição de substituto ou sucessor imediato de Rocha, e o mais provável é tentar uma cadeira na Câmara Federal.

Caso seja eleito e o senador Roberto Rocha também obtenha êxito no seu projeto de ser o futuro governador, ele fará do escolha do que vai ser a partir de 2019, se deputado ou senador.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação