Ponta da Madeira embarcou 43 milhões de toneladas no 3º trimestre

0
767

O Terminal Marítimo de Ponta da Madeira (TMPM) embarcou 44,1 milhões de toneladas (Mt) de produtos no terceiro trimestre de 2017 (3T17). Deste total, 43,6 Mt correspondem ao transporte de minério de ferro. Ponta da Madeira é líder em movimentação de carga no país entre os portos privados, segundo a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

A Estrada de Ferro Carajás (EFC) movimentou 44,9 milhões de toneladas (Mt) de minério de ferro e carga geral no 3T17. O minério de ferro foi o principal produto transportado pela ferrovia, totalizando 43,7 Mt no período. Para suportar as operações locais, a Vale desembolsou (entre custeio e investimento) um total de US$ 1,2 bilhão no Maranhão entre janeiro e setembro de 2017, um acréscimo de 10% em relação ao mesmo período do ano anterior. O investimento socioambiental foi de US$ 43,9 milhões no período.

O Sistema Norte, que compreende as operações de Carajás, Serra Leste e S11D, atingiu recorde trimestral de 45,0 Mt no 3T17, produzindo 8,5% e 16,4% a mais do que no 2T17 e no 3T16, respectivamente, como resultado do ramp-up de S11D, que está avançando conforme o planejado, da melhora na performance operacional da mina e planta de Carajás e da sazonalidade climática.

Expansão – O projeto S11D (incluindo mina, usina e logística associada – CLN S11D) alcançou 92% de avanço físico consolidado no 3T17, sendo composto por 99% de avanço físico na mina e 86% na logística.

A duplicação da ferrovia alcançou 76% de avanço físico, com 470 km de ferrovia duplicados. A correia transportadora de longa distância já está capacitada para operar em capacidade nominal. O pátio de estocagem de produto movimentou mais de 14,5 Mt de minério e mais de 367 trens com 330 vagões foram carregados até setembro. A expansão do porto onshore alcançou 92% de avanço físico.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação