Português Luís Miguel é o novo treinador do Moto e será apresentado nesta quarta-feira

0
1153

AQUILES EMIR

O português Luís Miguel, que comandou a equipe do São José no Campeonato Maranhense deste ano, é o novo treinador do Moto Club. O anúncio foi feito nesta terça-feira (1°) pelo presidente em exercício, Natanael Júnior, depois de fracassada a tentativa de demover o ex-técnico Marcinho Guerreiro de abandonar a equipe.

Em mensagem postada nas redes sociais, Natanael diz que a conversa com Marcinho foi amistosa, mas não conseguiram chegar a um bom termo para que ele continuasse dirigindo a equipe rubro-negra, por isto teve que buscar outro nome e o escolhido foi Luís Miguel, que é muito conhecido no futebol maranhense. Além do São José, Miguel já foi treinador do Balsas e trabalhou também nas equipes do Imperatriz e do Maranhão, onde era gerente de futebol.

O novo treinador será apresentado nesta quarta-feira (02), já com vistas aos preparativos da equipe para o próximo compromisso pela Série D do Campeonato Brasileiro, contra o Altos do Piauí, domingo (06), no Estádio Nhozinho Santos, em São Luís, partida que o Moto pode garantir sua classificação para a segunda fase da competição.

A dúvida agora é saber quanto ao comportamento dos jogadores, que haviam se rebelado e prometido não voltar às atividades enquanto continuarem com seus salários atrasados.

Marcinho perdeu confiança na diretoria e pediu para sair

A crise no Moto se acentuou domingo (29 de abril), depois do jogo contra o Sparta do Tocantins, quando atletas e comissão técnica esperavam receber uma quinzena de janeiro e o salário inteiro de fevereiro, como havia sido acertado pela diretoria, porém a única parte quitada foi a segunda metade dos salários de janeiro, o que gerou frustração e revolta, a ponto do técnico Marcinho ter perdido as esperanças de ver a crise contornada e pediu para sair.

O ex-treinador vinha sendo uma espécie de bombeiro, sempre procurando acalmar a revolta dos jogadores, atuando como espécie de porta-voz da diretoria junto ao elenco, mas ele sentiu que estava perdendo a confiança dos seus comandados já que as promessas ditas a ele vinham sempre sendo adiadas.

Outro que vem ajudando a manter o time unido, mesmo em dificuldades, é o goleiro Rodrigo Ramos. Domingo, após a vitória do Moto, ele disse que esperava um reconhecimento dos dirigentes ao empenho dos jogadores, tanto pela conquista do Campeonato Maranhense quanto pela boa campanha na Série D. Segundo ele, apesar das promessas tudo continuava como antes.

(Com foto de O Progresso/Imperatriz)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação