Poupança da Caixa apresenta captação líquida de R$ 721,2 milhões

0
582

A Caixa Econômica Federal fechou julho de 2017 com captação líquida positiva de depósitos de poupança no valor de 721,2 milhões, no acumulado do ano. Os números destacam-se no mercado de poupança. Segundo divulgação do Banco Central, o mercado – somatório de todos os bancos – registrou, no acumulado de 2017 (até o dia 26/07/17), captação líquida negativa de R$ 12,4 bilhões. Em julho, a Caixa também ampliou sua participação no mercado, com share de 38,37%.

Para o vice-presidente de Produtos de Varejo da Caixa, Fábio Lenza, o bom desempenho da poupança é atribuído à redução da taxa básica de juros e à tradição da poupança da Caixa. “A redução da Selic, atrelada à confiança da população na marca, aumenta a atratividade do produto frente a outros investimentos”, argumenta Lenza.

Comparativamente, a poupança já demonstrou, no último mês, rentabilidade líquida superior a de Fundos de Investimento e CDB. A redução da taxa básica de juros, que alcançou o patamar de 9,25%, torna o rendimento apresentado pela poupança um atrativo.

Os Fundos de Renda Fixa e CDB possuem incidência de Imposto de Renda e Taxa de Administração, sendo esta última exclusiva aos Fundos de Investimento. Veja a comparação abaixo para uma aplicação de R$ 5.000, por 30 dias:

Simplicidade – Além de oferecer isenção de imposto de renda e não cobrar taxa de administração, a poupança também se destaca frente a outras aplicações pela simplicidade, segurança e liquidez imediata o resgate pode ser feito a qualquer tempo. Os rendimentos são creditados mensalmente, na data de aniversário de depósito.

Correntistas da Caixa não precisam abrir uma nova conta para começar a aplicar. Com a poupança integrada, podem realizar aplicações e resgates a partir da própria conta-corrente. O cliente só precisa fazer a transferência para que o dinheiro comece a render. As aplicações e resgates na poupança integrada podem ser feitas pelo internet banking, pelo aplicativo Caixa, nos terminais de autoatendimento e nas agências do banco.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação