Prefeito decreta luto oficial de três dias em São Luís pelas mortes de médicos

3
1717

AQUILES EMIR

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), decretou luto oficial de três dias pelas mortes dos médicos Rodrigo Capobiango Braga (cirurgião vascular), Jonas Elói da Luz (anestesiologista) e José Kleber Luz Araújo (cirurgião), todos lotados na Rede Municipal de Saúde. Eles estavam a bordo do helicóptero que caiu na tarde deste domingo, nas proximidades de Rosário, quando retornava de uma viagem a Lima Campos, na região do Mearim.

Jonas Eloi da Luz seria o dono da aeronave

Elói da Luz seria o dono da aeronave, apesar desta ainda estar em nome das Óticas Veja. O helicóptero, um Robinson R44, prefixo PP-WVR, já havia se envolvido em outro acidente, no Piauí, em 2011, quando foi obrigado a fazer um pouso de emergência em Luiz Corrêa, próximo a Parnaíba.

O helicóptero era pilotado pelo policial Alfredo Barbosa, que já integrou a equipe o Centro Tático Aéreo (CTA). De acordo com relatos de testemunhas, a aeronave fazia um voo baixo a fim de dar mais visibilidade ao piloto, já que o tempo era chuvoso e nas proximidades do povoado São Simão, em Rosário, teria batido numa árvore. Todos morreram no local.

Eis a nota do prefeito Edivaldo Holanda Júnior:

Kléber Luz também estava a bordo do helicóptero

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, decreta luto oficial de três dias no município pelo falecimento do cirurgião vascular Rodrigo Capobiango Braga, o anestesiologista Jonas Elói da Luz e do cirurgião José Kleber Luz Araújo, médicos da rede municipal de Saúde que morreram na tarde deste domingo (1º) após a queda do helicóptero em que viajavam. O acidente, que vitimou também o piloto e policial civil Alfredo Oliveira Barbosa Neto, ocorreu próximo ao município de Rosário.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior solidariza-se com a família, amigos e pacientes que partilham a dor pela precoce partida dos três médicos, que dedicaram parte de suas vidas aos cuidados com o próximo, bem como com a família e amigos do policial civil, e pede à Deus que conforte a todos neste momento de profunda tristeza.

O secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, também emitiu nota de pesar:

Rodrigo Capobiango Braga é uma das vítimas do acidente

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lamenta profundamente a morte dos quatro integrantes do helicóptero que caiu neste domingo (1°) próximo ao município de Rosário. Dentre as vítimas, três médicos – o cirurgião vascular Rodrigo Braga, o anestesiologista Jonas Eloi da Luz e o cirurgião Kleber Luz.

A Secretaria expressa seu pesar e profunda solidariedade aos familiares, amigos e pacientes que partilham a dor pela precoce partida dos três médicos, que dedicaram parte de suas vidas aos cuidados com o próximo.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

3 COMENTÁRIOS

Comments are closed.